Prefeito de Fortaleza anuncia plano de renegociação de dívidas tributárias

Roberto Cláudio foi entrevistado no Bom Dia Ceará nesta segunda-feira (13)

O prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, anunciou nesta segunda-feira (13) que até a próxima quarta-feira vai lançar um plano fiscal de apoio à retomada da economia da cidade, afetada pela pandemia de Covid-19, com renegociação de impostos e taxas. O prefeito concedeu entrevista ao Bom Dia Ceará, da TV Verdes Mares, nesta segunda.

"A preocupação mais frequentemente reivindicada pelo cidadão que empreende e que trabalha é algum tipo de apoio fiscal com os débitos fiscais junto ao município. É bom lembrar que os impostos municipais cobrados são IPTU, ISS, ITBI e algumas taxas municipais", afirmou.

Como incentivo à economia, o plano vai, entre outras ações, reduzir multas e juros. "Isso é natural, tem acontecido no Brasil inteiro, que aumente a inadimplência, que as pessoas não tenham condições de pagar alguns desses impostos, principalmente, aqueles relacionados à atividade econômica, e o município vai lançar um conjunto de ideias. Qual é a ideia mais central?  É um plano de apoio fiscal para a retomada da economia que inclusive vai negociar essas dívidas tributárias, fiscais, parcelar e reduzir multas e juros", disse.

> Pandemia aumenta precarização do trabalho de entregadores

> Barracas, agências de viagem e mais: confira o que pode reabrir nesta segunda-feira (13)

Segundo Roberto Cláudio, Fortaleza entra na sétima semana do plano de retomada sem novo pico de Covid-19 seja de casos ou de demanda por estrutura de saúde. São oito semanas seguidas de redução de óbitos e casos, de acordo com o gestor.

“Felizmente a rigidez dos protocolos e a consciência majoritária da população tem ajudado a gente a não ter nenhum tipo de novo pico [da Covid-19]. Tanto que, como eu disse, já estamos iniciando agora a sétima semana de abertura e parte da vida econômica está voltando ao normal. A gente ainda felizmente não tem assistido como aconteceu em outros locais do mundo algum outro novo pico, tanto de na necessidade assistencial de internação como mesmo pico de casos confirmados ou até mesmo de óbitos”.

A Capital está na fase 3 do plano estadual de retomada e, nesta segunda-feira, começam a funcionar barracas de praia e também está permitido o funcionamento administrativo de agências de viagens.

São 38.127 casos confirmados de Covid-19 em Fortaleza, 3.498 óbitos e 28.772 pessoas recuperadas, de acordo com a Secretaria Estadual da Saúde (Sesa), que divulga os dados na plataforma IntegraSUS. Mais de 33 mil possíveis casos são investigados na Capital, conforme a Sesa.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre negócios