Preço médio do litro da gasolina reduz R$ 0,16 em Fortaleza

Levantamento da ANP aponta queda na Capital e no Ceará

Escrito por Bruna Damasceno ,

Negócios
Frentista abastece veículo
Legenda: Gasolina do Ceará é a quarta mais cara do Nordeste
Foto: Thiago Gadelha

O preço médio da gasolina reduziu 2,40%, na última semana (entre 16 e 22 de janeiro), em Fortaleza, segundo a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). No bolso, o alívio será apenas de R$ 0,16 por litro. 

Os dados abrangem as últimas quatro semanas, a iniciar por 26 de dezembro de 2021. Para o levantamento, foram visitados 100 postos de combustíveis da Capital. 

Naquele último mês, era necessário desembolsar R$ 6,74 por litro de gasolina. A partir de 16 de janeiro, passou-se a pagar R$ 6,58.

Agora, ao encher um tanque de 45 litros, o consumidor economiza R$ 7,29. O custo deste serviço passou de R$ 303, 70 para R$ 296, 41, considerando o valor médio apontado pela ANP. 

Veja as oscilações do preço da gasolina nas últimas quatro semanas em Fortaleza:

  • Semana 1 (26/12/2021 a 01/01/2022) -  R$ 6,749
  • Semana 2 (02/01/2022 a 08/01/2022) -  R$ 6,639
  • Semana 3 (09/01/2022 a 15/01/2022) -  R$ 6,573 
  • Semana 4 (16/01/2022 a 22/01/2022) -  R$ 6,587

Na última semana em Fortaleza, o preço mais alto encontrado foi de R$ 6,89, enquanto o mais barato ficou em R$ 6,25.

No período do levantamento, o custo da gasolina no Ceará também caiu 2%, passando de R$ 6,753 para R$ 6,614. Ainda assim, o valor é o quarto mais caro do Nordeste. Veja ranking:

  • Rio Grande do Norte - R$ 7,074
  • Piauí - R$ 6,964
  • Bahia-  R$ 6,834
  • Ceará - R$ 6,614
  • Pernambuco - R$ 6,566
  • Sergipe - R$ 6,563
  • Alagoas - R$ 6,551
  • Maranhão - R$ 6,528
  • Paraíba - R$ 6,506

Em todo o Brasil, o valor médio da gasolina ficou em R$ 6,664. Apesar da redução, as despesas com combustíveis têm pesado no bolso dos consumidores após reajustes da Petrobras. 

As dicas de especialistas para reduzir esse impacto são as tradicionais pesquisas, otimização do uso do veículo e a redução do consumo do ar-condicionado em área urbana.

Telegram 

Antes de ir, que tal se atualizar com as notícias mais importantes do dia? Acesse o Telegram do DN e acompanhe o que está acontecendo no Brasil e no mundo com apenas um clique: https://t.me/diario_do_nordeste

Assuntos Relacionados


Mario Mesquita

Comércio exterior do Nordeste

Mario Mesquita
26 de Maio de 2022