INSS: cinco agências retornam com o atendimento de perícia médica no CE nesta segunda (28)

De acordo com o órgão, na Capital retornaram os atendimentos nas unidades Fortaleza Centro, Fortaleza-Sul e Caucaia. As agências do Juazeiro e Barbalha também voltaram hoje

Legenda: Na Capital, três agências retornaram com o atendimento das perícias médicas
Foto: Arquivo

O atendimento das perícias médicas retornou em cinco agências do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) no Ceará, nesta segunda-feira (28). Segundo o órgão, na Capital e na Região Metropolitana, as unidades do Centro, Fortaleza- Sul (bairro Água Fria) e Caucaia estão realizando o serviço. Já no restante do Estado, as agências de Juazeiro do Norte e Barbalha voltaram a oferecer o atendimento.

As informações sobre as unidades e os atendimentos podem ser consultadas pelo site covid.inss.gov.br. O INSS afirma que atendimento é realizado por meio de agendamento prévio, que pode ser feito pelo site do INSS, pelo aplicativo Meu INSS, ou pelo telefone 135.

O porteiro Valzenir Farias foi um dos fortalezenses que buscou o atendimento de perícia médica na manhã de hoje. Ele conta que já havia tentado outras vezes, mas teve o pedido indeferido e agora segue na tentativa de um novo atestado médico.

"Eu vim para fazer a perícia presencial, fui indeferido faz mais ou menos um mês, mas as contas estão chegando. Eu tenho que correr atrás, porque infelizmente, foi a única solução vir aqui no médico atrás de um atestado para conseguir alguma coisas, porque está difícil", comenta.

Valzenir explica que na semana passada, o INSS havia entrado em contato com ele, para que ele fizesse o agendamento para esta semana. "Eu fiz o agendamento pelo site, não é muito fácil, às vezes dá um probleminha, mas a gente dá um jeito", conta.

A supervisora escola Dulce Maria Cândido estava acompanhando sua sobrinha, que há quase cinco meses aguardava o atendimento da perícia médica." Ela já está agendada há muitos meses, ela entrou, mas não sei se vai conseguir. Nós já estamos aguardando há quase cinco meses e é sempre renovada", diz.

Vânia Amora, manicure, também recorreu ao INSS nesta segunda-feira (28) para tentar o auxílio doença para o filho, que é paraplégico. Ela só não conseguiu resolver, porque seu filho não pode comparecer, por estar sentindo dores.

"Eu vim procurar o auxílio doença para o meu filho, ele não pode vir porque estava com dores, ele é paraplégico. Eu vim porque sou representante dele, para ver se consigo dar entrada nos papéis. Mas, não vou conseguir fazer a perícia médica, porque ele não está aqui", comenta.

Atendimentos

Segundo o INSS, os atendimentos acontecem por meio de agendamento prévio. Para esta segunda-feira, estão previstos 50 atendimentos na unidade do bairro Água Fria; 44 para a agência do Centro; e 10 para Caucaia.

O órgão explica que cada perito realiza em média 12 avaliações por dia. O número de atendimentos irá depender de quantos médicos peritos comparecerem às agências. As unidades podem ter em média de quatro a cinco peritos.

 

 

 

Quero receber conteúdos exclusivos sobre negócios