Cesta básica em Fortaleza fica 1,77% mais cara em junho e valor médio chega a R$ 541,61

O valor segue sendo o mais alto do Nordeste, segundo o levantamento do Dieese

Legenda: Dos 12 produtos monitorados, nova tiveram aumento nos valores em junho.
Foto: Camila Lima

O valor da cesta básica em Fortaleza sofreu aumento de 1,77% em junho. Com a elevação, o conjunto dos 12 produtos considerados essenciais passou a custar, em média R$ 541,61, segundo monitoramento do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese).

Ao todo, nove produtos tiveram aumento de preços no mês passado, destacando-se o açúcar (8,51%), o café (5,16%) e o tomate (5,05%).

No sentido contrário, ficaram mais baratos a banana (-4,03%), a farinha (-1,08%) e o arroz (-0,86%).

Confira as variações em junho:

  • Açúcar 8,51%
  • Café 5,16%
  • Tomate 5,05%
  • Carne 3,19%
  • Leite 2,37%
  • Óleo 1,78%
  • Feijão 0,89%
  • Manteiga 0,55%
  • Pão 0,22%
  • Arroz -0,86%
  • Farinha -1,08%
  • Banana -4,03%

Pandemia

A tendência de aumento dos preços dos alimentos se intensificou durante a pandemia. Conforme o Dieese, itens como o óleo de soja sofreram reajuste de até 95,01% entre março de 2020 e junho deste ano.

Além dele, chama atenção a elevação do arroz (68,48%), da carne (53,19%) e do açúcar (50%). Ao todo, a cesta básica ficou 14% mais cara no período.

Veja o comportamento dos preços na pandemia (acumulado de março/20 a junho/21):

  • Óleo 95,01%
  • Arroz 68,48%
  • Carne 53,19%
  • Açúcar 50%
  • Farinha 41,36%
  • Feijão 29,99%
  • Café 23,44%
  • Manteiga 13,79%
  • Pão 13,32%
  • Banana -17,05%
  • Tomate -41,92%

Cesta mais cara do Nordeste

O valor médio da cesta básica na Capital ainda é o maior do Nordeste e a 10ª do País, segundo o levantamento. O valor corresponde a 53,23% do salário mínimo, atualmente cotado em R$ 1.100.

Florianópolis é a cidade com a cesta básica mais cara de junho, chegando a R$ 645,38, um aumento de 1,42% em relação a maio. Já Salvador aparece com o menor custo de alimentação no mês, com cesta de R$ 467,30 (-0,60%).

Confira o ranking das capitais:

  1. Florianópolis R$ 645,38
  2. Porto Alegre R$ 642,31
  3. São Paulo R$ 626,76
  4. Rio de Janeiro R$ 619,24
  5. Curitiba R$ 618,57
  6. Vitória R$ 611,29
  7. Brasília R$ 584,99
  8. Campo Grande R$ 566,78
  9. Goiânia R$ 551,49
  10. Fortaleza R$ 541,61
  11. Belo Horizonte R$ 532,01
  12. Belém R$ 518,53
  13. Natal R$ 500,20
  14. João Pessoa R$ 495,76
  15. Recife R$ 483,92
  16. Aracaju R$ 470,97
  17. Salvador R$ 467,30

Com base no preço da cesta básica em Fortaleza, o gasto com alimentação de uma família formada por dois adultos e duas crianças chega a R$ 1.624,83.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre negócios