Ceará foi o estado que mais contratou recursos do FNE Emergencial do BNB

Total chegou a R$ 396,2 milhões em 23,5 mil operações

Banco do Nordeste
Legenda: O crédito emergencial oferece taxa de juros de 2,5% ao ano e carência até 31 de dezembro de 2020
Foto: Divulgação

O Banco do Nordeste superou a marca de R$ 2 bilhões de investimentos no âmbito do FNE Emergencial, valor correspondente a 85,3 mil operações. Desde maio, quando foi lançado, até esta data, o Ceará foi o Estado que mais contratou na área de atuação do Banco, com total de R$ 396,2 milhões, equivalentes a 23,5 mil operações.

Com recursos do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE), o crédito emergencial oferece taxa de juros de 2,5% ao ano e carência até 31 de dezembro de 2020, com prazo de adesão até 30 de setembro de 2020.

Vantagens
De acordo com o BNB,  além das vantagens de taxa de juros e carência, o crédito emergencial beneficia investimento, incluindo capital de giro associado de até R$ 200 mil e capital de giro isolado de até R$ 100 mil. O prazo para investimento é de até 12 anos e para capital de giro isolado, de até 24 meses.

Foram beneficiados empreendedores individuais (MEIs), pessoas físicas atendidas pelo programa de microcrédito do Banco, o Crediamigo, e empresas de todos os portes localizadas nos municípios em situação de emergência devido à crise sanitária e que estejam inseridos na área de atuação do BNB, os nove estados da região e o norte de Minas Gerais e do Espírito Santo.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre negócios