De onde vem a fortuna de Elon Musk?

O bilionário é apontado como a pessoa mais rica do mundo pela Forbes

Escrito por Redação,

Negócios
O CEO da Tesla, Elon Musk, participa do início da produção na
Legenda: Empresário já quase decretou falência
Foto: Patrick Pleul / POOL / AFP

Apontado como a pessoa mais rica do mundo em 2022, pela revista norte-americana Forbes, o empresário sul-africano Elon Musk comprou o Twitter por US$ 44 bilhões nessa segunda-feira (25). O dono da Tesla e da SpaceX possui uma fortuna estimada em US$ 219 bilhões

Conforme a Forbes, a maioria do patrimônio bilionário do empreendedor vem da montadora de veículos elétricos Tesla, de qual detém 23% das ações. Um exemplar do automóvel pode custar a partir de R$ 400 mil (modelo Model 3), podendo chegar a R$ 1,7 milhão nos modelos X e S, na configuração Plaid, no Brasil.

Outra fonte de riqueza de Musk é a fabricante de sistemas aeroespaciais, transporte espacial e comunicações, SpaceX. Somente em fevereiro deste ano, o empreendimento foi avaliado em US$ 74 bilhões.

Mas afinal, como o empresário se tornou a pessoa mais rica do mundo aos 50 anos? Veja a trajetória do sul-africano.

Família e formação acadêmica

Elon Musk nasceu em Pretória, na África do Sul, em uma família rica. Ele é filho da modelo e nutricionista Maye Musk com o engenheiro mecânico, piloto de avião e empresário Errol Musk. O casal se divorciou quando o empresário tinha oito anos. O irmão mais novo dele e a irmã escolherem morar com a mãe, enquanto Musk ficou com o pai. 

Na infância, era obcecado por romances de ficção científica. Ele não tem recordações positivas dessa época, já que era alvo de bullying por parte dos colegas de classe. "Era tudo horrível", já declarou sobre o período, segundo informações da BBC.

Musk aprendeu a programar sozinho, ainda jovem, e, aos 12 aos, fechou o primeiro negócio ao escrever o código de um videogame sobre extraterrestres e o vender para a revista PC and Office Technology, pelo valor de US$ 500. As informações são do portal Uol.

O proprietário da SpaceX e CEO da Tesla, Elon Musk (R), gesticula ao chegar no tapete vermelho da cerimônia do Axel Springer Awards, em Berlim, em 1º de dezembro de 2020
Legenda: Além a Tesla, outra fonte da riqueza do sul-africano é a SpaceX
Foto: BRITTA PEDERSEN / POOL / AFP

Alguns anos depois, aos 17, o empreendedor se mudou para o Canadá, onde realizou diversos trabalhos braçais, como limpador de boiler e cortador de madeira para pagar as contas e se matricular na Queen's University, onde vendia peças e computadores para outros alunos. 

Após dois anos, ele se transferiu para a Universidade da Pensilvânia, nos Estados Unidos, onde se formou em economia e física. O bom desempenho acadêmico lhe garantiu uma vaga de doutorado em Stanford, mas frequentou a instituição apenas por alguns dias, e abandou a carreira acadêmica para montar uma startup com o irmão Kimbal. 

Empreendedorismo

Com o capital inicial de US$ 28 mil 'emprestado' pelo pai, os irmãos desenvolveram o Zip2, software para criação de guia da cidade para jornais. Em 1999, eles venderam a plataforma por US$ 307 milhões, sendo que Musk ficou com US$ 22 milhões da venda. 

Em seguida, o empreendedor decidiu investir mais da metade do valor no cofundador do X.com, um serviço de pagamentos online. A empresa se fundiu com a principal rival e se tornou a PayPal, tendo Musk como principal acionista. Em 2022, a eBay comprou a plataforma e o sul-africano lucrou US$ 180 milhões. 

Aos 31 anos, Musk acumulava uma fortuna de US$ 165 milhões. Em maio de 2002, usou US$ 100 milhões do dinheiro pessoal e criou a SpaceX, visando expandir o turismo espacial.

Logo depois, ele cofundou a Tesla. No entanto, durante a crise de 2008, a fabricante de carros elétricos quase faliu, sendo salva graças a um empréstimo de US$ 456 milhões ao governo dos Estados Unidos. Dois anos depois, o empreendimento se tornou a primeira montadora americana a ter as ações negociadas na bolsa desde a Ford, em 1956. 

Musk também é cofundador da fornecedora de sistema de energia solar, a SolarCity, e da empresa voltada para a exploração do subsolo, a Boring Company, além da Neuralink, especializada em desenvolver interfaces cérebro–computador implantáveis. 

Musk quase faliu em 2008

Também em 2008, ao se divorciar da primeira esposa, a escritora canadense Justine Musk, ele chegou a dizer que "ficou sem dinheiro" e viveu de empréstimos de amigos enquanto tentava manter os empreendimentos dele funcionando. 

O CEO da Tesla, Elon Musk, olha para os carros da Tesla enquanto assiste ao início da produção na
Legenda: Tesla quase faliu durante a crise financeira de 2008
Foto: PATRICK PLEUL / DPA-ZENTRALBILD POOL / AFP

A situação financeira dele só se reestabeleceu dois anos depois, quando a Tesla entrou na bolsa de valores. Em 2012, Musk apareceu na lista dos mais ricos da Forbes pela primeira vez, com patrimônio líquido estimado em US$ 2 bilhões.