Reforma pode descredibilizar a seguridade, avalia especialista; tire-dúvidas

Maiores dificuldades para conseguir a aposentadoria pode gerar resistência à contribuição previdenciária

Legenda: Aposentados que voltem a trabalhar não poderão solicitar atualização de aposentadoria baseada nas novas contribuições.
Foto: FOTO: HELENE SANTOS

A reforma da Previdência, dentre tantos impactos que terão sobre a vida do trabalhador, poderá gerar descrédito em relação à seguridade. De acordo com a análise do coordenador do Instituto Brasileiro de Direito Previdenciário (IBDP) no Ceará, Paulo Bacelar, os empecilhos a mais que as mudanças trouxeram para a concessão da aposentadoria podem incentivar uma possível resistência para a contribuição.

“Para conseguir a aposentadoria integral agora o trabalhador precisa ter 40 anos de contribuição. Esse tempo aumentou muito e as pessoas podem pensar às vezes que não vale a pena pagar. Mas a seguridade não é só a aposentadoria, tem o auxílio-doença, benefício por invalidez, pensão por morte que protege a família, entre tantos outros”, ressalta.

Atendimento

Bacelar aponta que, por conta da virtualização de grande parte do atendimento do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), o trabalhador pode acabar tendo que contribuir um pouco mais ou recebendo um benefício menor do que ele teria direito.

“Não há mais aquela entrevista com o servidor, aquelas perguntas. O sistema pega as informações principais, mas algumas podem acabar passando despercebidas pelo trabalhador por ele mesmo não saber que tem direito”, alerta.

Diante disso, ele destaca a importância da consultoria previdenciária, que poderá orientar o trabalhador de que forma ele será melhor beneficiado. “Dentre as cinco regras de transição da reforma, por exemplo, é preciso analisar o histórico desse contribuinte e ver qual regra é melhor para ele, em qual ele se aposenta mais cedo, em qual ele recebe um benefício maior. Isso ele não faz em nenhuma agência do INSS, eles só analisam o que já passou”, afirma.

Dúvidas

Para auxiliar os trabalhadores a se habituarem com as novas regras e a entenderem como ficarão suas aposentadorias, o Sistema Verdes Mares lançou um espaço a fim de tirar as dúvidas dos leitores. Para participar, basta acessar o formulário eletrônico abaixo. As dúvidas serão respondidas semanalmente.


Categorias Relacionadas