Pix: dados pessoais de 160 mil chaves são vazados, afirma Banco Central

Informações como nome do usuário, CPF, instituição de relacionamento, número da agência e da conta foram expostas

Escrito por Diário do Nordeste e Estadão,

Negócios
Dados pessoais de clientes vinculados a mais de 160 mil chaves do Pix foram vazados
Legenda: O incidente ocorreu de 3 a 5 de dezembro de 2021
Foto: Shutterstock

Dados pessoais de clientes vinculados a mais de 160 mil chaves do Pix foram vazados, informou o Banco Central. O incidente ocorreu de 3 a 5 de dezembro, com informações como nome do usuário, CPF, instituição de relacionamento, número da agência e da conta.

De acordo com o BC, o incidente de segurança ocorreu em "razão de falhas pontuais em sistemas". Dados sensíveis dos clientes como senhas, informações de movimentações ou saldos financeiros em contas, ou ainda quaisquer informações sob sigilo bancário não foram expostos.

Pessoas atingidas pelo vazamento serão notificadas

Em nota, o banco informou a adoção de ações necessárias para apuração detalhada do caso e que as pessoas que foram atingidas pelo vazamento de dados serão notificadas exclusivamente por meio do aplicativo ou pelo internet banking de sua instituição de relacionamento. 

"Nem o BC nem as instituições participantes usarão quaisquer outros meios de comunicação aos usuários afetados, tais como aplicativos de mensagem, chamadas telefônicas, SMS ou e-mail", alertou o BC.

O público também pode registrar incidentes de segurança por meio de endereço do banco na internet.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Por Thaís Barcellos

 


Mario Mesquita

Comércio exterior do Nordeste

Mario Mesquita
26 de Maio de 2022