Painel solar: quanto custa instalar e como escolher

Sistemas para um consumo de 500 kWh/mês custam entre R$ 18 mil e R$ 20 mil

Escrito por Ingrid Coelho,

Negócios
Legenda: A garantia fornecida pelas empresas para as placas solares fica em torno de 10 a 12 anos, porém a vida útil estimada é de 25 a 30 anos
Foto: Antônio Rodrigues

Com os recentes aumentos na conta de energia elétrica, principalmente em decorrência da crise hídrica no País, produzir a própria energia por meio de um sistema fotovoltaico é uma possibilidade. Mas quanto é preciso investir para ter um?

De acordo com Mário Viana, gerente comercial de uma distribuidora de sistemas fotovoltaicos, com cerca de R$ 13 mil é possível adquirir um kit que garanta a geração de 200 kWh (quilowatt-hora) em Fortaleza/mês. Essa geração, porém, depende das condições solares.

No caso de uma residência que possui um consumo de 500 kWh/mês, a instalação de um sistema fotovoltaico fica entre R$ 18 mil e R$ 20 mil, de acordo com Mário Viana.

O payback, que pode ser compreendido como o tempo necessário para que o investimento nas placas solares seja recuperado, fica entre quatro e cinco anos, segundo ele.

Esse cálculo de payback normalmente é feito pela empresa contratada para a instalação dos painéis solares e normalmente já considera a perda de efetividade das placas solares com o uso ao longo dos anos.

A manutenção basicamente consiste na limpeza das placas solares, portanto não costuma representar um ônus a mais para o proprietário. Essa higienização é visualizada como um processo relativamente simples, já que o sistema não conta com muitas partes móveis.

O sistema fotovoltaico é composto por:

  • Painéis inversores;
  • Estruturas de fixação;
  • Quadros de proteção para o lado de corrente contínua;
  • Quadros de proteção para o lado de corrente alternada;
  • Cabos

Os painéis solares são feitos de vidro e pesam cerca de 30kg, revela Mário Viana.

Painel solar tem prazo de validade?

Mário Viana explica que a empresa responsável pelo projeto do sistema fornece uma garantia que fica em torno de 10 a 12 anos para o consumidor, porém a vida útil estimada é de 25 a 30 anos.

A estimativa se baseia no uso das placas solares em outros países, já que no Brasil o mercado de energia solar ainda é considerado recente.

E como eu escolho a melhor placa solar?

A placa solar é escolhida para atender à necessidade de cada cliente e quem faz essa escolha é a empresa responsável pela instalação, pontua Viana. Portanto, o consumidor deve estar atento ao fazer a escolha da empresa, observando o seu tempo de mercado e buscando referências com consumidores que adquiriram o serviço.

"Procure saber quantas instalações aquela empresa fez e busque falar com o cliente para saber se foi bem atendido. Se for uma empresa séria, ela vai trabalhar com bons equipamentos. Se é uma empresa que quer apenas 'surfar', ela vai adquirir painéis solares mais baratos, que podem dar problema em três ou quatro anos, porque ela não vai se preocupar em estar no mercado até lá", detalha o gerente comercial.