Metade das agências do INSS retoma atendimento presencial no CE

Das 86 unidades que atendem ao público no Estado, 44 reabriram após mais de cinco meses fechadas em decorrência da pandemia. Apesar da retomada do atendimento presencial, perícias médicas ainda não estão sendo realizadas

Legenda: Durante a manhã de ontem, filas se formaram em frente às agências na Capital
Foto: José Leomar

Após mais de cinco meses de portas fechadas, o Instituto Nacional da Seguridade Social (INSS) retomou o atendimento presencial ontem (14). No Ceará, 43 (ou 50%) das 86 agências onde há atendimento ao público reabriram em um dia marcado por filas. Beneficiários alegavam que o site da instituição estava permitindo o agendamento de perícias médicas, mas só ao chegar às unidades foram informados sobre a indisponibilidade do serviço.

Em Fortaleza, estão abertas as unidades dos bairros Centro, Aldeota, Messejana, Parquelândia e Água Fria. Na Região Metropolitana, foi retomado o atendimento presencial em Caucaia. No Interior, reabriram as unidades de Sobral, Crateús, Itapipoca, Viçosa do Ceará, Tauá, Cariré, Tianguá, Ipu, Acaraú, Ibiapina, Irauçuba, Bela Cruz, Marco, Novo Oriente e Parambu.

Além disso, também reabriram com atendimento presencial as agências de Acopiara, Assaré, Barbalha, Campos Sales, Crato, Icó, Iguatu, Juazeiro do Norte, Mombaça, Senador Pompeu, Brejo Santo, Missão Velha, Orós, Araripe, Mauriti, Pedra Branca, Caririaçu, Milagres, Aurora, Cedro, Lavras da Mangabeira e no município de Barro.

Atendimento

Nesta primeira etapa, as agências atenderam apenas agendamentos, entre 7h e 13h. A marcação deve ser feita pelo aplicativo Meu INSS ou pelo telefone 135. Só é permitida a entrada de pessoas com máscara de proteção e o público terá que passar pela medição de temperatura, que deverá estar abaixo de 37,5°C.

O serviço de perícia médica está suspenso porque os médicos peritos decidiram não retomar as atividades, alegando falta de segurança sanitária. Ontem, o presidente do INSS, Leonardo Rolim, pediu aos segurados paciência. "As pessoas precisam ter um pouco de paciência", disse, em entrevista à Globo News.

A exigência do recadastramento anual de aposentados e pensionistas, a chamada prova de vida, segue suspensa até o dia 30 de setembro, conforme instrução normativa do Ministério da Economia. A partir do dia 1º de outubro, os segurados deverão buscar a agência onde recebem o benefício para atender à exigência.

Você tem interesse em receber mais conteúdo de negócios?