Imóveis residenciais em Fortaleza ficam 1,76% mais baratos; maior queda no País

Os dados são do Índice Fipezap, pesquisa realizada pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe)

Escrito por Redação,

Negócios
Legenda: No cenário nacional, em outubro, o Índice FipeZap cresceu 0,43%, após apresentar aumento de 0,53% em setembro
Foto: Gustavo Pellizzon

Comprar imóveis ficou  mais barato em Fortaleza em outubro. Segundo dados do Índice FipeZap, a capital cearense apresentou a maior redução percentual no valor de imóveis residenciais entre as 16 capitais monitoradas pela pesquisa, com uma redução de 1,76%. 

Os dados são do Índice Fipezap, pesquisa realizada pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe)

No ranking, logo após Fortaleza, apareceram Brasília e Maceió, onde os imóveis ficaram 0,96% e 0,88% mais baratos em outubro, respectivamente. Por outro lado, Salvador foi a cidade que apresentou a maior elevação no preço médio no mês passado, com alta de 0,75%. Manaus (0,5%) e São Paulo (0,27%). 

No cenário nacional, em outubro, o Índice FipeZap cresceu 0,43%, após apresentar aumento de 0,53% em setembro. 

Apesar do incremento, o índice ficou abaixo do esperado, tendo como parâmetro o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), mensurado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A expectativa era de que a variação fosse de 0,79%.

"Uma vez confirmada a variação esperada dos preços ao consumidor, o preço médio de venda de imóveis residenciais encerrará o referido mês com queda de 0,36%, em termos reais", destaca, em nota, o Grupo Zap, que divulga o Índice FipeZap.

Assuntos Relacionados