Hidrogênio verde pode ser um dos principais vetores de energia do País

Ministério de Minas e Energia procurou o Estado do Ceará para saber mais detalhes do projeto. Pasta tem parcerias nesse segmento com os governos da Alemanha e dos Estados Unidos e negocia com Dinamarca, Chile e Argentina

Legenda: Projeto do hub de hidrogênio verde vai ser implantado no Pecém
Foto: Divulgação

O Governo Federal tem interesse em transformar o hidrogênio verde em um dos principais vetores de energia do País. E o Ministério de Minas e Energias (MME) procurou o Governo do Estado para saber  mais detalhes sobre o projeto do Hub do Hidrogênio Verde do Ceará. 

A secretária executiva da Indústria da Secretaria do Desenvolvimento Econômico e Trabalho (Sedet), Roseane Medeiros, se reuniu ontem (7) com representantes da pasta para apresentar o projeto.

Segundo a Sedet, o diretor do Departamento de Desenvolvimento Energético do Ministério, Carlos Alexandre, afirmou que o MME estabeleceu parcerias importantes nesse segmento com os governos da Alemanha e dos Estados Unidos, além de desenhar uma parceria com a Dinamarca e estar em negociação com Chile e Argentina.

Investimentos 

Um memorando de entendimentos foi assinado com uma empresa Australiana Enegix, chamada de Base 1, que terá investimento de US$ 5,4 bilhões. Atualmente, o hidrogênio verde é demandado por países que participam do Acordo de Paris que investem em energia limpa. 

"O Governo do Ceará está conversando com outros investidores, tendo como vantagens o Complexo do Pecém, a proximidade e a parceria com o Porto de Roterdã, na Holanda", ressaltou Roseane. 

O projeto 

Em parceria com a Federação das Indústrias do Ceará (Fiec) e da Universidade Federal do Ceará (UFC), o projeto é uma alternativa para a produção de combustível a partir de fontes de energias renováveis, de modo a reduzir a emissão de gases de efeito estufa na atmosfera. 

O hub também tem atraído a atenção de potenciais investidores internacionais e novos memorandos de entendimento estão sendo negociados. 

Quero receber conteúdos exclusivos sobre negócios