Diretoria da Abras vai se reunir com equipe econômica para falar de cesta básica

A Abras publicou nota alertando para a subida de preços em razão das altas exportações, somadas ao aquecimento da demanda interna com o Auxílio Emergencial.

Legenda: A alta de itens como arroz, farinha de trigo, açúcar, frango, carne bovina, suína e óleo de soja já supera os 20% nos últimos 9 meses até agosto.
Foto: Camila Lima

Acontece nesta quarta-feira, 9, às 14 horas, em Brasília, uma reunião da presidência da Associação Brasileira de Supermercados (Abras) com a equipe econômica do governo. O assunto é a elevação dos preços de produtos básicos. A alta de itens como arroz, farinha de trigo, açúcar, frango, carne bovina, suína e óleo de soja já supera os 20% nos últimos 9 meses até agosto.

Participarão da reunião o presidente da Abras, João Sanzovo Neto o primeiro vice-presidente, João Galassi, além de Ronaldo Santos, presidente da Associação Paulista de Supermercados (Apas).

O encontro tem a expectativa de contar com a presença do ministro da Economia, Paulo Guedes, e do próprio presidente da República, Jair Bolsonaro. No entanto, essas autoridades ainda não estão confirmadas para a agenda.

A reunião acontece depois de uma semana movimentada no setor. A Abras publicou nota na última quinta-feira alertando para a subida de preços em razão das altas exportações, somadas ao aquecimento da demanda interna com o Auxílio Emergencial.

A Apas afirmou, em comunicado na sexta-feira, que orientava os associados a comprarem dos fornecedores apenas o necessário, incentivando a negociação de preços.

Na mesma sexta-feira, o presidente Jair Bolsonaro, durante viagem a Registro(SP), disse:

"Está subindo arroz, feijão? Só para vocês saberem, já conversei com intermediários, vou conversar logo mais com a associação de supermercados".

E completou: "Estou conversando para ver se os produtos da cesta básica aí... estou pedindo um sacrifício, patriotismo para os grandes donos de supermercados para manter na menor margem de lucro", disse Bolsonaro.

Você tem interesse em receber mais conteúdo de negócios?