Com recorde histórico, Unimed nacional registra lucro de R$ 520 milhões em 2020

Um dos principais pontos para o aumento do lucro anual foi a demanda por planos de saúde durante a pandemia do novo coronavírus

Legenda: Durante o ano de 2020, o faturamento da Unimed nacional foi de R$ 8,24 milhões
Foto: Foto: Leopoldo Kaswiner

A Central Nacional Unimed fechou o ano de 2020 com um lucro líquido de R$ 520 milhões, resultado 91,8% superior ao registrado em 2019. Além disso, o dado representa um recorde desde a criação da marca, em 1998. As informações são do Valor Econômico. 

Um dos principais pontos para o aumento do lucro anual foi a demanda por planos de saúde durante a pandemia do novo coronavírus, gerando um aumento de 74 mil beneficiários na carteira da Unimed.

O corte de custos assistenciais, por conta da suspensão de procedimentos eletivos devido à pandemia, também colaborou para a evolução.

Durante o ano de 2020, o faturamento da Unimed nacional foi de R$ 8,24 bilhões, o que representou uma alta de 8,3% ante 2019. Já o resultado operacional alcançou R$ 341,1 milhões em 2020, o que representa um avanço de 146%. 

Atualmente, segundo dados da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), a cooperativa está na sexta posição no ranking de maiores operadoras de saúde suplementar do Brasil, fechando 2020 com 1,787 milhão de beneficiários. 

Operações

Em 2020, a Central Nacional Unimed registrou queda no número de internações, passando de 228 mil em 2019 para 194 mil em 2020. As consultas também apresentaram queda, com 7,2 milhões no ano passado. Em 2019, foram 9,6 milhões.

Já os exames diagnósticos e terapias somaram 33 milhões de procedimentos em 2020 ante 36 milhões em 2019. A sinistralidade bateu o menor nível desde 2001, com 82% das contraprestações.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre negócios