Sem espaço, Hospital da Unimed abre leitos de UTI na área de emergência no "dia mais difícil"

O hospital registrou nesta segunda-feira (15) recorde no número de internações de pacientes com Covid-19, anunciou o presidente da instituição, Elias Leite

Legenda: Unimed Fortaleza reúne hoje 161 pacientes com Covid-19 em leitos de UTI
Foto: Kid Júnior

No dia em que o Ceará completa um ano em que foram confirmados os primeiros casos de Covid-19 no Estado, o Hospital Regional da Unimed (HRU), em Fortaleza, registrou recorde no número de internações. Devido à crescente demanda, a unidade de saúde está abrindo novos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) na área de emergência, afirmou o presidente da instituição, Elias Leite.

"Hoje, infelizmente, estamos tendo que criar uma área de UTI dentro da nossa emergência. Ou seja, a nossa capacidade de expansão está chegando ao seu limite ou até passando do limite", disse, ressaltando que "talvez, hoje tenha sido o dia mais difícil pra todos nós", informou em vídeo publicado nas redes sociais.

Elias Leite ainda lembrou que oito leitos já haviam sido abertos, depois mais sete na área de ressonância do hospital, mas todos já estão lotados.

Demanda crescente

De acordo com ele, neste domingo (14), o sistema Unimed em Fortaleza contabilizava 683 pacientes internados com Covid-19, sendo 244 na UTI. Hoje, os números subiram, respectivamente, para 705 e 260. 

A quantidade de pacientes em uso de respiradores também avançou de ontem para hoje, passando de 175 para 192. Ou seja, 17 a mais.

Aumento de leitos

"No nosso hospital que, originalmente, tem 338 leitos, temos hoje 548 pacientes internados", apontou ainda Elias Leite.

Ao todo, o Hospital Unimed Fortaleza soma 2.524 altas acumuladas e 179 pacientes em leitos de UTI, dos quais 161 são de Covid.

Covid no Ceará

O Ceará contabilizou, até às 16h39 desta segunda, 474.978 casos confirmados de Covid-19, com 12.355 óbitos pela doença. Há ainda, 61.706 casos em investigação e 337.469 casos recuperados. Os dados são da plataforma IntegraSUS, atualizada diariamente pela  Secretaria da Saúde do Estado do Ceará (Sesa). A taxa de letalidade no Estado é de 2,6%.

Fortaleza, por sua vez, concentra 139.365 casos confirmados e 5.298 mortes em decorrência da doença. Ao todo, são 66.238 casos recuperados e 26.604 em investigação. A taxa de letalidade na capital é de 3,8%, superior a do Estado.

Quero receber conteúdos exclusivos da cidade de Fortaleza