Governo do Ceará retira restrições para bares e restaurantes, e passaporte vacinal será obrigatório

As novas regras entram em vigor somente na segunda-feira (15)

Camilo na reunião
Legenda: A reunião do comitê que delibera as ações de combate à pandemia ocorreu na manhã desta sexta
Foto: Reprodução / Twitter

O Governo do Ceará passará a cobrar, a partir da segunda-feira (15), o 'passaporte de vacina' contra a Covid-19 em bares, restaurantes e eventos. A exigência foi anunciada em transmissão ao vivo, nesta sexta-feira (12), pelo governador Camilo Santana (PT). 

As restrições de horários para esses estabelecimentos, contudo, serão derrubadas a partir da publicação do novo decreto. Além disso, os protocolos sanitários serão revistos, segundo o chefe do Executivo. 

 

Atualmente, o setor de alimentação fora do lar pode manter as portas abertas até as 3 horas, com capacidade reduzida. 

Pelas nova regras, não haverá mais limite de horário e as pessoas precisarão comprovar ter completado o esquema vacinal com duas aplicações ou dose única para entrar nestes espaços. 

O decreto será publicado neste fim de semana. Nele, constarão os detalhes sobre as demais flexibilizações dos setores. 

Camilo mostrou, durante a transmissão, que o 'passaporte de vacina' pode ser emitido pelo aplicativo Ceará App - disponível para Android e iOS.

Veja a live: 

   

Durante a live, Camilo disse que “114 municípios cearenses já aplicaram mais de 80%” das doses recebidas. No entanto, a recusa pelo imunizante pode estar impactando a cobertura vacinal no Estado. 

Ele fez um apelo para que as pessoas se vacinem e para que os gestores municipais realizem campanhas de conscientização.

Nesse contexto, afirmou, o Comitê de Enfrentamento à Pandemia decidiu pela apresentação do comprovante de imunização contra a doença. 

“Estamos, de forma oficial, implementando a exigência do passaporte para ingresso, no Ceará, para estabelecimentos como restaurantes, bares e eventos”, comunicou. 

Liberações

No último decreto restritivo, em vigor desde 1º de novembro, houve a ampliação dos eventos realizados no Ceará. Foi ampliada a capacidade de público em eventos sociais, culturais e corporativos em quatro fases, que seguem até 31 de dezembro.

Outra mudança foi a permissão para pista de dança em eventos, "desde que seja em espaço reservado, acessível apenas para maiores de 12 anos, com esquema vacinal completo e que estejam utilizando máscara".

Regras que seguem neste fim de semana (13 e 14 de novembro):

  • Ampliação da capacidade de público nos estádios de futebol para 80% em locais abertos e 50% em ambientes fechados, com exigência do esquema vacinal completo (duas doses ou dose única); 
  • Ampliação da capacidade dos eventos sociais para 500 pessoas em locais fechados e 800 pessoas em espaços abertos, com exigência de esquema vacinal completo para maiores de 12 anos (1ª fase - até 15 de novembro);
  • Pista de dança liberada em eventos sociais desde que seja em espaço reservado, acessível apenas por maiores de 12 anos, com esquema vacinal completo, e que estejam utilizando máscara;
  • Restaurantes continuam autorizados a funcionar até as 3 horas; 
  • Cinemas, shopping, lojas de rua seguem liberados a receber até 80% da capacidade;
  • Eventos esportivos profissionais têm até 50% da capacidade de público em locais abertos e fechados;
  • Igrejas podem funcionar com total capacidade.
     

Antes de ir, que tal se atualizar com as notícias mais importantes do dia? Acesse o Telegram do DN e acompanhe o que está acontecendo no Brasil e no mundo com apenas um clique: https://t.me/diario_do_nordeste

Quero receber conteúdos exclusivos sobre negócios