Ceará pode ter data center da Amazon Web Services no 2º semestre

Segundo fontes ligadas ao Governo do Estado, a empresa já está trabalhando no estudo de viabilidade e deve confirmar o projeto nos próximos meses. A informação foi confirmada pelo secretário de Planejamento do Ceará

Legenda: Segundo fontes ligadas ao Governo estadual, o data center da AWS deverá ser instalado em Fortaleza

O Ceará deverá ganhar um novo data center ainda no segundo semestre deste ano. De acordo com fontes ligadas ao Governo do Estado, a Amazon Web Services (AWS) já está elaborando o estudo de viabilidade de negócios para a implantação do novo equipamento. A informação foi confirmada pelo secretário do Desenvolvimento Econômico do Ceará, Maia Júnior. A previsão anterior da administração estadual era de que o projeto de análise tivesse sido concluído entre abril e maio deste ano.

Ainda em janeiro, o governador Camilo Santana, em reunião com a AWS - que contou com a presença do presidente da Empresa de Tecnologia da Informação do Ceará (Etice), Adalberto Albuquerque -, já havia dado indícios das negociações com a empresa especializada em computação em nuvem. Na ocasião, a previsão do Governo era de que a AWS confirmasse o projeto do novo data center dentro de quatro meses.

As relações do Estado com a AWS já vinham sendo mantidas por um programa de economia dos gastos da máquina pública ao migrar dados e operações do Governo para a nuvem. A estimativa era de uma economia de R$ 380 milhões em cinco anos. A informação havia sido confirmada pelo presidente da Etice, que projetava uma redução de 26% dos gastos operacionais ao transferir as estruturas de dados de servidores do Estado "para a nuvem", mantida a partir de data centers conectados ao redor do mundo.

Futuro

Procurada para comentar sobre o assunto, a Amazon Web Services não negou que estivesse concluindo o estudo de viabilidade. No entanto, a empresa também não confirmou a informação, declarando apenas que "a AWS não comenta especulação e ações futuras". Contudo, segundo duas fontes ligadas ao Governo do Estado, o projeto do novo data center deverá ter a análise de viabilidade concluída até o segundo semestre deste ano.

A instalação de uma nova estrutura de data center na Capital cearense poderia dar à AWS uma maior estabilidade para atender de forma direta às demandas de outros estados no Nordeste e outros países próximos. O continente africano também estaria na área de mercados de interesse da empresa americana, após a chegada dos cabos submarinos e a conexão feita pela Angola Cables com o Estado.

Apesar da previsão do investimento ficar para o segundo semestre de 2019, ainda não há estimativa do valor que deverá ser aportado pela AWS durante o projeto de instalação do data center. Sem o prognóstico de investimento, ainda não se sabe qual a previsão da geração de empregos.


Categorias Relacionadas