BNB amplia em um mês prazo para início de pagamentos de novos financiamentos do Crediamigo

Carência de 30 dias vale para o pagamento da primeira parcela de operações (contratações e renovações de crédito) firmadas entre 1º de abril e 30 de junho deste ano

Legenda: O banco também anunciou o reescalonamento de dívidas com esquema de reembolso da operação, inclusive de parcelas vencidas
Foto: Ellen Freitas

Com o objetivo de amenizar os impactos econômicos da pandemia do Coronavírus, o Banco do Nordeste anunciou hoje que os clientes do Crediamigo terão um mês para começar a pagar novos empréstimos. A carência de 30 dias vale para o pagamento da primeira parcela de operações (contratações e renovações de crédito) firmadas entre 1º de abril e 30 de junho deste ano.

O banco também anunciou o reescalonamento de dívidas com esquema de reembolso da operação, inclusive de parcelas vencidas. "O valor destas parcelas será atualizado, com a possibilidade de dispensa de encargos por atraso, sendo o saldo incorporado linearmente às prestações a vencer", diz o BNB.

Ainda de acordo com a instituição, no caso do reescalonamento, caso a operação de crédito esteja vencida ou possua menos de quatro prestações a vencer na data da renegociação, será permitido o pagar o saldo devedor vencido em quatro parcelas mensais.

Para adesão ao benefício, o cliente poderá solicitar e autorizar o procedimento pelo WhatsApp Corporativo do BNB (85) 9 9973-0700 ou pelo aplicativo do Crediamigo.

Renegociação

Também será possível renegociar operações vencidas ou com parcelas em atraso, com prazo de até 24 meses e carência também de 30 dias para o pagamento da primeira parcela. O pagamento de percentual de amortização, antes exigido, foi dispensado.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre negócios