Banana, feijão e arroz influenciam alta da cesta básica em Fortaleza em junho

Dos 12 produtos da cesta, sete registraram alta no mês passado

Escrito por Redação,

Negócios

Em junho, o preço da cesta básica em Fortaleza (R$ 464,31) registrou uma alta de 2,01% em relação a maio. Segundo o levantamento mensal divulgado nesta segunda-feira (6) pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), do conjunto de 12 produtos que compõem a cesta básica em Fortaleza, sete tiveram alta no mês

Considerando o preço da cesta e o valor do salário mínimo (R$ 1.045,00), a jornada necessária para comprar os ítens foi de 97 horas e 45 minutos.

> Queda nas passagens aéreas faz prévia da inflação ser a menor em 14 anos

A alta mensal foi puxada pelo avanço do preço da banana (17,25%), feijão (7,10%), arroz (5,88%), pão (1,76%), açúcar (0,79%), óleo (0,65%) e manteiga (0,43%). Em contrapartida, apresentaram redução de preço café (-3,00%), farinha (-2,93%), tomate (-2,53%) e carne (-0,28%).

No acumulado de janeiro a junho, o único item que apresentou redução no preço foi a carne (-0,74%). E os itens com as maiores elevações foram o feijão (41,30%), a farinha (24,23%) e o tomate (21,90%).

Já na série de 12 meses, dois produtos sofreram redução, o tomate (-42,15%) e o café (-3,72%). Dos que apresentaram alta destacam-se o feijão (55,64%), a carne (30,53%) e o óleo (23,94%).

No primeiro semestre, a cesta básica em Fortaleza ficou 7,07% mais cara e no acumulado de 12 meses a alta foi de 3,47%.