Após três meses de queda, fluxo de passageiros no Aeroporto de Fortaleza cresce 70,5% em maio

Cerca de 205,09 mil pessoas passaram pelo terminal em maio, segundo dados da Anac

Legenda: Apesar da melhora, a movimentação ainda corresponde a menos da metade do que era observado antes da pandemia
Foto: Helene Santos

Passado o pico da segunda onde de contaminação pela covid-19, a movimentação de passageiros no Aeroporto de Fortaleza voltou a reagir. Passaram pelo terminal 205,09 mil passageiros em maio, 70,5% a mais que em abril, quando o fluxo foi de apenas 120,2 mil passageiros, o pior patamar em dez meses.

A alta, registrada em monitoramento da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), interrompe uma tendência de três quedas consecutivas registradas entre fevereiro e abril que reverteu a recuperação que vinha sendo ensaiada até então.

Em relação a igual mês do ano passado, o resultado também foi positivo em 648,2%. A variação exponencial é explicada pela baixa base de comparação, tendo em vista que maio foi o segundo pior resultado do ano de 2020, com apenas 27,4 mil passageiros.

Apesar da melhora, a movimentação ainda corresponde a menos da metade do que era observado antes da pandemia. Em maio de 2019, mais de 506 mil pessoas passaram pelo Aeroporto de Fortaleza, configurando uma baixa de 59,46% em  maio deste ano.

No acumulado dos cinco primeiros meses de 2021, o terminal registrou fluxo de 1,14 milhão de passageiros, patamar 30,7% menor que em igual período do ano passado.

A tendência é que a movimentação cresça mais, dada a ampliação da oferta de voos domésticos pelas companhias nacionais em junho e julho.

Retomada da Air France

A Air France anunciou que pretende retomar o voo entre Paris e Fortaleza no mês de outubro, a depender da demanda. A companhia voltou a operar os voos diretos entre Brasil e França no fim de abril. 

Em maio, a aérea previa retomar a conexão na Capital cearense em junho. Os voos estão suspensos desde outubro de 2020. 

"No atual contexto sanitário, a companhia revisa constantemente a sua malha em todos os países onde opera, adaptando-a às restrições de viagem e à demanda de clientes", afirmou a companhia por nota. 

A Air France afirmou ainda que os passageiros impactados pelo ajuste serão contatados individualmente, e terão duas possibilidades "remarcação de viagens ou reacomodação a partir de São Paulo ou do Rio de Janeiro, partindo de Fortaleza para estas cidades com sua parceira GOL".

Operando desde 2018 em Fortaleza, a Air France aumentou a operação na capital cearense em 12% da oferta de assentos no voo ainda antes da pandemia. 

Com a aeronave Boeing 777-200 disponível nos três voos semanais da companhia, às quartas, sextas e domingos, na rota Paris-Fortaleza-Paris. Este modelo está equipado com as cabines Business, Premium Economy e Economy que já operam nos voos diários entre a capital francesa e São Paulo.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre negócios