Brandon Lee, filho de Bruce Lee, também foi morto por tiro acidental em 1993

Filmagem foi usada em investigação e depois destruída

Escrito por Redação,

Zoeira
Brando Lee morreu aos 28 anos por um tiro acidental durante gravações de
Legenda: Brando Lee morreu aos 28 anos por um tiro acidental durante gravações de "O Corvo"
Foto: Reprodução/Facebook

O acidente com uma arma envolvendo o ator Alec Baldwin, 63, que ocasionou a morte da diretora Halyna Hutchins, fez a internet lembrar um caso semelhante da década de 1990. Brandon Lee, 28, filho de Bruce Lee, morreu por um disparo acidental na gravação de uma cena do filme "O Corvo".

É comum no cinema o uso de armas verdadeiras com balas de festim para causar explosão e barulho. Em 31 de março de 1993, em uma cena anterior a que causou a morte de Brandon Lee, uma arma precisou ser carregada com munição real para que a cena de tiro imprimisse maior ação, porém, um dos projéteis ficou preso no cano do revólver e não foi percebido pela equipe.

Cenas de bastidores do filme
Legenda: Cenas de bastidores do filme "O Corvo"
Foto: Reprodução/Facebook

Brandon Lee entrou no set segurando um falso saco de supermercado que continha uma bolsa explosiva com sangue artificial. O personagem "Funboy" interpretado por Michael Massee disparou o revólver 44 Magnum no ator, e a pólvora do festim fez com que o projétil preso no cano fosse acidentalmente liberado. O ator foi atingido no abdômen.

O herdeiro de Bruce Lee chegou a ser levado às pressas para o New Hanover Regional Medical Center, em Wilmington, Carolina do Norte, em uma cirurgia de emergência, mas acabou morrendo por hemorragia interna ainda na mesa de operações.

Na época, o vídeo com a filmagem do acidente chegou a ser utilizado nas investigações e, em seguida, foi permanentemente destruído como parte de acordo judicial.

Irmã se pronuncia

Com a divulgação do caso, a irmã de Brandon, Shannon Lee, se pronunciou sobre a história por meio das redes sociais.

"Os nossos corações estão com as famílias de Halyna e Joel, e com todos os envolvidos no incidente de Rust. Ninguém deveria ser morto por uma arma em um set de filmagens. Ponto final", escreveu utilizando o perfil póstumo do irmão.

CASO ALEC BALDWIN