Propriedades da melancia podem ser aproveitadas na polpa, nas sementes e até na casca da fruta

Colorida, suculenta e de consistência apetitosa, a melancia é diurética, nutritiva e antioxidante

Legenda: Alimento diurético, a melancia elimina as toxinas do organismo e previne celulites

Preferida por muitos e desprezada por outros, a melancia é composta por 97% de água. A fruta, refrescante e de sabor adocicado, apresenta propriedades funcionais, com destaque para o licopeno, a vitamina C e os fenólicos, antioxidantes naturais eficazes na prevenção de doenças degenerativas e cardiovasculares.

Segundo a nutricionista Raquel Pessoa, o licopeno é um caroteno com alta atividade antioxidante, responsável pela pigmentação vermelha. Além da capacidade nutricional da polpa da fruta, constituída por minerais, a exemplo de fósforo, potássio, cálcio, ferro e magnésio, a melancia é fonte de vitamina C, potássio e apresenta baixo teor calórico. "Da polpa à casca, a fruta é totalmente aproveitada. Por isso, o consumo regular do alimento garante benefícios para a saúde do organismo e hidratação da pele", afirma a nutricionista.

Aproveitamento

As propriedades diuréticas da fruta se estendem para as sementes que, após torradas e processadas, podem ser transformadas em farinhas e paçocas doces. "Essa última opção, quando acrescida de água ou leite e levada ao fogo, resulta em um delicioso e nutritivo mingau", revela Raquel.

Legenda: O suco da melancia também é uma opção refrescante e nutritiva

A farinha proveniente das sementes é uma sugestão para acrescentar mais sabor e valor nutricional aos sucos, saladas, sopas ou iogurtes, tornando-se uma forte aliada no bom funcionamento do sistema renal.

O consumo da iguaria também é benéfico na eliminação de líquidos, reduz a hipertensão arterial, infecção urinária e pedra no rim. Além das referências, as sementes ainda são ricas em zinco, magnésio, cálcio, ferro, ácido fólico e ômega 6.

Os minerais têm ação antioxidante, que neutralizam os radicais livres. O magnésio e o cálcio contribuem ainda para a saúde dos dentes e dos ossos, prevenindo a osteoporose.

O ferro e o ácido fólico bloqueiam a anemia, enquanto o ômega 6, apresenta inúmeros benefícios para a saúde, assim como a prevenção de doenças cardiovasculares, segundo a nutricionista. As sementes também possuem propriedades energéticas que auxiliam na redução dos níveis de gorduras presentes no sangue, do colesterol e dos triglicerídeos.

O magnésio é outro mineral muito importante na funcionalidade metabólica do corpo, na manutenção das funções nervosas musculares do organismo, na saúde do coração, dos ossos e do sistema imunológico.

Casca

Para quem não sabe, apesar de amarga e descartada pela maioria dos consumidores, na casca verde da fruta está o maior número de nutrientes, tais como as vitaminas, A, B6, C, zinco, magnésio, licopeno e potássio. "

O licopeno é um antioxidante protetor do corpo contra inúmeras doenças", ressalta a especialista
.

O subproduto contém grande quantidade de fibra alimentar insolúvel. Conforme a nutricionista, o aproveitamento da casca na elaboração de doces e sucos aumenta os teores de fibra na refeição. Ou seja, a inclusão da substância na dieta reduz a prevalência de doenças degenerativas, a exemplo do Alzheimer.

Já a parte branca existente entre a polpa e a casca possui substâncias que auxiliam no bombeamento do sangue. A entrecasca da melancia também pode ser aproveitada no preparo de alimentos nutritivos e saborosos, a exemplo de ensopados, cocadas e doces.

Legenda: As propriedades nutritivas da fruta se estendem para as sementes e a casca

Para deixar o doce ainda mais cremoso, basta passar no liquidificador, a massa produzida da casca, antes de levar o conteúdo ao forno, complementa Raquel Pessoa.

Benefícios

Polpa

A ação diurética da melancia limpa os rins e ajuda a eliminar inchaço. A pouca quantidade de calorias torna a fruta aliada para quem precisa perder peso. Fonte de vitamina C, ela também fortalece as defesas do corpo e melhora a funcionalidade do intestino.

Sementes 

O componente é rico em diuréticos, antioxidantes e energéticos e combate o inchaço causado pela retenção de líquido no organismo;

Casca 

Rica em fibras, o consumo do subproduto é eficaz na eliminação de toxinas, favorecendo a redução de gordura. Regula a pressão e o funcionamento do sistema urinário

Você tem interesse em receber mais conteúdo de entretenimento?