Após pressão de bolsonaristas, PL deixa base de Sarto e anuncia Carmelo Neto em liderança na Câmara

Comando da bancada do partido vinha sendo motivo de disputa interna desde maio

Escrito por Felipe Azevedo, felipe.azevedo@svm.com.br

PontoPoder
Carmelo Neto usando máscara da bandeira do Brasil
Legenda: Carmelo Neto foi o indicado da bancada para assumir liderança da Câmara
Foto: Reprodução/CMFor

Após meses de disputas, tentativas de destituir vereadora ligada ao prefeito José Sarto (PDT) e indefinições dentro do próprio partido, a liderança do PL na Câmara Municipal de Fortaleza (CMFor) agora pertence ao vereador Carmelo Neto. A definição foi no fim de semana. Antes, o cargo havia sido ocupado por outro parlamentar bolsonarista, Pedro Matos, que voltou à suplência. 

A decisão para que o PL fosse liderado por parlamentares de oposição ocorre após um cabo de guerra ter iniciado ainda em maio. Na base do prefeito Sarto após as eleições de 2020, o PL passou a ter maioria de vereadores de oposição após o presidente Jair Bolsonaro ter migrado para a sigla.

Na negociação, a vice-liderança ficou com a vereadora Ana do Aracapé, ex-líder da bancada e base do Governo. Ela foi procurada para se manifestar sobre a nova liderança, mas não atendeu as ligações.

As articulações começaram quando o suplente Dudu Diógenes, juntamente com Carmelo Neto, tentou angariar assinaturas para destituir Ana do Aracapé do cargo de liderança. Além dela, a vereadora Tia Francisca também faz parte do grupo que apoia a atual gestão da Capital.

Para dar seguimento, a oposição necessitava da anuência da maioria dos vereadores. Houve uma tentativa de colher assinaturas para executar a troca de comando.

O vereador Pedro Matos, no entanto, apesar de compor o grupo de oposição, não endossou a manobra e fez com que o grupo não atingisse a maioria de apoio. 

Na semana seguinte, em almoço com o presidente do PL no Ceará, Acilon Gonçalves, foi definido que Matos deveria assumir a liderança na Casa. Após um mês, com a volta à suplência, o PL mudou novamente de líder de bancada com a indicação de Carmelo Neto. 

Questionada se o PL, que ajudou na eleição de José Sarto em 2020, agora passa a compor oficialmente a oposição na Casa, a assessoria do partido afirmou que "o PL defende o presidente Bolsonaro na Câmara e apoia os temas relacionados a ele que são todos bons para o povo".

Atribuição do líder

Ter um líder da bancada de oposição poderá significar baixas no apoio ao Executivo na Câmara de Fortaleza. Com seis parlamentares, o PL é o segundo maior partido no Parlamento Municipal, ficando atrás apenas do PDT, com 10.

De acordo com o Regimento Interno da Casa, a liderança detém atribuições e poder de decisão nos trabalhas do Legislativo.  Entre elas está a de indicar à Mesa Diretora os membros para compor Comissões.

Além disso, o líder de bancada pode encaminhar votação de qualquer projeto em nome de todo o grupo partidário. No caso do PL, o grupo tem seis votos. 

Quem é quem no PL

TITULARES

Ana do Aracapé - Base do Governo
Tia Francisca - Base do Governo
Priscila Costa - Oposição
Carmelo Neto - Oposição

SUPLENTES

Dudu Diógenes (Inspetor Alberto) - Oposição
Pedro Matos (Bruno Mesquita - Pros, da base) - Oposição