Senai Ceará inaugura Habitat de Inovação para aquecer mercado local e nacional

O equipamento fica localizado no Instituto Senai de Tecnologia (IST) para facilitar a trocar de conhecimento

Legenda: Diretor regional do Senai Ceará, Paulo André Holanda, corta faixa inaugural do Habitat de Inovação.
Foto: Fabiane de Paula

O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai Ceará) inaugurou nesta terça-feira (14) o Habitat de Inovação do Estado. Localizado no Instituto Senai de Tecnologia (IST), em Maracanaú, o equipamento deve aliar o conhecimento dos alunos e professores da instituição para o desenvolvimento de soluções demandadas pelo mercado local.

Durante a cerimônia, o diretor regional do Senai Ceará, Paulo André Holanda, ressaltou que a iniciativa irá colocar o Ceará na vanguarda da inovação do País, tendo em vista que o espaço, de modelo nacional criado pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), é apenas o quarto do País a ser implantado.

"Nós estamos partindo na frente. O projeto só foi aprovado na CNI porque estava bem claro o resultado final, porque a gente já tinha contactado empresas, elas estavam precisando da gente, tinha demanda, e a gente estava precisando desse investimento importante", afirmou.

Menos de um mês após a entrega do equipamento, seis empresas já trabalham no local, selecionadas a partir de um edital e avaliação de viabilidade econômica.

Cada selecionado deve permanecer desenvolvendo o projeto no Habitat de Inovação por dois anos, podendo renovar a cada ano dependendo da dinâmica de negócios gerada.

"A evolução da ciência e tecnologia, da inovação, está exponencial. Então, é um ambiente que todo mundo está pensando o tempo todo como melhorar um processo, um produto, como fazer um novo layout de uma empresa pra que ela possa ser mais ágil, sempre linkando a tecnologia, a inovação que está aqui no Habitat, com a educação profissional, usando também a expertise dos nossos instrutores e dos laboratórios que temos aqui ao lado"
Paulo André Holanda
Diretor regional do Senai Ceará

Desenvolver soluções e riquezas

Holanda ainda ressaltou que o objetivo do equipamento é desenvolver soluções para que não seja preciso importá-las de outros estados ou países.

Ele também pontuou que, após o desenvolvimento de cada projeto, serão aferidos os impactos e avanços que eles trouxeram para o mercado.

Legenda: Atualmente, seis empresas já fazem parte do Habitat de Inovação desenvolvendo soluções.
Foto: Fabiane de Paula

Também presente na inauguração, o diretor-geral do Senai, Rafael Lucchesi, ressaltou a necessidade de gerar conhecimento e soluções que garantam retorno financeiro e impacto econômico para o País.

"Nós precisamos fabricar conhecimento que gere PIB, temos que impulsionar cérebros pra virar riqueza. Nada melhor que o exemplo do Expedito Parente que é uma pessoa que sintetizou isso em vida de uma maneira visionária", afirmou.

O Habitat de Inovação recebeu o nome do empresário cearense e precursor do biodiesel. Lucchesi ainda visitou os laboratórios do IST e acompanhou um pouco de cada processo produtivo ensinado nas turmas do Senai Ceará.

Também estiveram presentes no local membros da diretoria da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (Fiec) e empresários parceiros.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre negócios