Quanto juntar para ter uma renda de R$ 5 mil por mês com investimentos?

Quem quer ter uma renda passiva previsível de investimentos deve buscar opções de renda fixa ou isentas de imposto de renda

mão segurando caneta em papel com gráficos
Legenda: Realizar aportes mensais é o caminho para obter uma renda passiva
Foto: Shutterstock

Guardar dinheiro pode ser um desafio, mas esse montante bem investido pode trazer uma renda passiva para complementar o salário e, dependendo do valor, até mesmo substituí-lo. 

Com a Selic a 6,25%, conforme foi reajustado na última reunião do Copom, R$ 1,7 milhão colocados na poupança trazem uma renda mensal de R$ 5.120 sem qualquer esforço do investidor, apenas com o poder dos juros. 

Investindo em locais mais vantajosos, não é necessário ter no bolso toda essa bolada para conseguir o mesmo valor de rendimentos mensais. Existem opções de renda fixa mais vantajosas do que o investimento preferido dos brasileiros, e mesmo outros investimentos, como fundos imobiliários podem trazer uma renda mensal. 

Renda passiva 

A assessora de investimentos da Ópera Investimentos, Gardenia Martins, explica que o local em que o investidor decide aportar seu dinheiro influencia diretamente na renda que ele conseguirá aferir por mês proveniente de rendimentos. 

Para ter uma maior previsibilidade do quanto será recebido todos os meses, a especialista recomenda deixar os recursos investidos em opções de renda fixa. Quem tem um perfil que admite maiores riscos em busca de rentabilidades pode ganhar ainda mais dinheiro – ou necessitar de um montante menor – em opções de renda variável. 

Ela recomenda deixar o recurso em uma opção com isenção de imposto de renda, como LCI/LCA, para evitar ter parte da rentabilidade descontada. E acrescenta que o investidor deve fazer a escolha de onde aportar seu dinheiro, de acordo com o tempo esperado para o resgate do montante. 

É importante escolher um ativo que possibilite tirar essa renda. Vai depender de alguns fatores, existe liquidez, rentabilidade e risco e vai depender muito do perfil do investidor
Gardenia Martins
assessora de investimentos da Ópera Investimentos

Optando por um CDB com rentabilidade de 100% do CDI, ela calcula que uma pessoa que invista mensalmente R$ 1.000 demoraria 38 anos para conseguir um valor que permita uma renda passiva de R$ 5.000. 

Quanto preciso juntar? 

De acordo com cálculos feitos pela especialista, o menor valor necessário para conseguir resgatar todos os meses uma renda passiva de R$ 5.000 é R$ 833 mil investidos. Nesse caso, o investidor deveria aportar seu dinheiro em um fundo imobiliário. Ela ressalta, contudo, que essa opção tem risco da cota, já que é negociada na bolsa. 

A escolha de uma opção sem incidência de imposto de renda pode diminuir o necessário para conseguir a renda mensal de R$ 5.000. Mesmo com a mesma rentabilidade, são necessários valores diferentes aportados em um CDB e em um LCI/LCA devido ao segundo ser isento.

Confira as simulações: 

Investimento 

Montante necessário 

Rentabilidade mensal 

Renda passiva líquida

Poupança 

R$ 1.700.000 

0,3% 

R$ 5.100

CDB 100% CDI 

R$ 1.250.150 

0,4% 

 R$ 5.065,06 

LCI/LCA 100% CDI

R$ 990.000 

0,4% 

R$ 5.049

Fundo Imobiliário de Recebíveis 

R$ 833.333 

0,6% 

R$ 4.998  

Como chegar lá? 

A chegada até a renda passiva exige disciplina e planejamento, principalmente para os que têm um orçamento financeiro mais apertado. Gardenia incentiva que o importante é começar, independentemente, de qual valor investido. 

“Os juros compostos têm efeito multiplicador, é como se fosse uma bola de neve. Se você coloca R$ 100 todo mês, no mês seguinte já cresce”, destaca. 

A organização é o primeiro passo para conseguir chegar a esse objetivo. A especialista recomenda ter uma planilha de gastos que possibilite monitorar todo o dinheiro que entra e sai da conta, facilitando identificar gastos desnecessários. 

Com essas informações em mente, é possível estabelecer metas de quanto se deve guardar, e, com paciência, esperar a rentabilidade.  

Quero receber conteúdos exclusivos sobre negócios

Assuntos Relacionados