Fraport Brasil conclui obras de expansão do Aeroporto Internacional de Fortaleza

Todas as intervenções de infraestrutura aeroportuária foram concluídas, segundo a concessionária

Legenda: Vista aérea da expansão da pista do Aeroporto de Fortaleza
Foto: Divulgação/Fraport

A Fraport Brasil, concessionária do Aeroporto Internacional de Fortaleza, informou nesta quarta-feira (19) que finalizou no dia 30 de julho as obras de expansão da pista de pouso e decolagem, nova taxiway P, RESA 13 (área de segurança) e subestações 13 e 31 do Fortaleza Airport.

As obras de expansão da pista de pouso e decolagem estavam previstas para serem concluídas em dezembro deste ano, segundo a concessionária, em maio deste ano. Além disso, a empresa finalizou em março as intervenções de ampliação do terminal de passageiros cuja solenidade foi cancelada devido à pandemia do novo coronavírus. 

"Todas as intervenções de infraestrutura aeroportuária (Fase 1B e Fase Runway) foram concluídas e a Fraport Brasil acredita que as autoridades competentes finalizarão a instalação dos equipamentos de auxílio à navegação aérea o mais breve possível para que a pista expandida em 210 metros, com comprimento total de 2.755 metros, possa ser utilizada", disse a empresa em nota.

"Estamos muito orgulhosos de entregar as obras antes do prazo e com excelente qualidade. Agradecemos ao nosso time altamente qualificado, ao consórcio construtor Passarelli e Método e a todas as entidades e autoridades governamentais, que nos deram total suporte para cumprir mais este desafio", afirma Andreea Pal, CEO da Fraport Brasil.

Para Romilson Souza, superintendente de operações da Passarelli, empresa líder do consórcio responsável pelas obras do aeroporto, e Gustavo Aguiar, diretor da Unidade Civil da Método, o terminal, após as obras, atende aos padrões internacionais de qualidade e serviços. 

"Atuar nas obras deste aeroporto permitiu à Passarelli colocar em prática nosso propósito, valores e competências, assim como nos desafiou a aplicar técnicas complexas de engenharia, com foco no prazo, na qualidade e na segurança. Desta forma, conseguimos transformar e modernizar o aeroporto para atender aos padrões internacionais de qualidade e serviços, e entregar um empreendimento à altura das belezas naturais do Ceará", afirma Romilson Souza.

"A entrega das obras no airside (lado ar), com a expansão da pista, é um motivo de grande orgulho para nós. É uma obra de ponta, com requisitos técnicos de padrões internacionais, executada com o aeroporto em pleno funcionamento. Mais do que uma obra é um legado que fica para a infraestrutura do país", acrescenta Gustavo Aguiar.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre negócios

Assuntos Relacionados