Fortaleza registra a menor inflação do País em agosto; no País, IPCA dispara

Apesar do resultado bem abaixo da média no mês passado, a capital cearense ainda registra a terceira maior alta do País em 2021

Legenda: No ranking das cidades pesquisadas, Fortaleza ficou empatada com Belo Horizonte (0,43%)
Foto: Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

A inflação de agosto em Fortaleza foi a menor do País, apresentando uma alta de 0,43%. Os dados são referentes ao Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 

Já em relação à média das capitais analisadas, o Brasil registrou uma alta 0,88% e marcou a maior variação para o mês de agosto desde 2000, quando o IBGE registrou uma variação de 1,31%. 

No ranking das cidades pesquisadas, Fortaleza ficou empatada com Belo Horizonte (0,43%), e foi superada por Rio Branco (0,54%), Aracaju (0,65%), Rio de Janeiro (0,66%), Recife (0,66%), Salvador (0,70%) e outras. 

Na parte de cima da tabela, com as maiores variações para IPCA em agosto, ficaram Brasília (1,40%), Vitória (1,30%), Curitiba (1,21%), Goiânia (1,05%), e São Paulo (1,04%).

Confira o ranking geral

  1. Brasília - 1,40%
  2. Vitória - 1,30%
  3. Curitiba - 1,21%
  4. Goiânia - 1,05%
  5. São Paulo - 1,04%
  6. Campo Grande - 0,89%
  7. Brasil - 0,88% 
  8. São Luís - 0,82%
  9. Belém - 0,75%
  10. Porto Alegre - 0,71% 
  11. Salvador - 0,70%
  12. Recife - 0,66%
  13. Rio de Janeiro - 0,66%
  14. Aracaju - 0,65%
  15. Rio Branco - 0,54% 
  16. Belo Horizonte - 0,43% 
  17. Fortaleza - 0,43% 

Segmentos em Fortaleza

Na capital cearense, a inflação de agosto foi puxada pelo setor de transportes, que registrou uma alta de 1,17%. Os segmentos de vestuário (1,04%), artigos de residência (0,82%), despesas pessoais (0,6%) e alimentação e bebidas (0,51%) também apresentaram variações acima da média.

Por outro lado, os segmentos de educação (-0,41%) e saúde e cuidados pessoais (-0,33%) tiveram recuo no mês de agosto. 

Já o índice para habitação teve uma leve alta, de 0,08%. E o segmento de comunicação ficou na média, com alta de 0,43%. 

Acumulado do ano

Considerando o acumulado dos últimos 12 meses, Fortaleza, apesar de apresentar uma variação abaixo da média nacional em agosto, ainda registra uma alta de 11,2%. 

Já no acumulado do ano, a capital cearense apresenta uma inflação de 6,54%, o que representa a terceira maior alta do País em 2021.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre negócios