Fortaleza deve ser primeira cidade a receber transporte público movido a hidrogênio verde

Governo do Estado assinou memorando com empresa espanhola Neoenergia para a implantação

Legenda: Capital receberá ônibus movidos a hidrogênio verde
Foto: Shutterstock

Com o Hub de Hidrogênio Verde no Ceará, o Governo Estadual assinou Memorando de Entendimento para implantar o uso de veículos para transporte público movidos pelo combustível produzido a partir de energia renovável.

A empresa espanhola Neoenergia ficará responsável pelo projeto chamado "Corredor Verde". Fortaleza receberá o projeto piloto e o plano é de que tenha 18 pontos de abastecimento de energia limpa. Com isso, a capital cearense será a primeira cidade no Brasil a usar a tecnologia de Ônibus fuel cell. 

Posteriormente, o projeto será amplicado para 70 municípios sendo seis Capitais nordestinas, atendendo um total de 66% dos Estados do Nordeste para beneficiar até 37 milhões de pessoas. 

"Hidrogênio verde é a energia do futuro, e esse projeto da Neoenergia é uma ideia pioneira, movida a hidrogênio verde, e faz parte da construção mundial das energias renováveis, e que faremos parte da descarbonização do planeta", afirmou o governador Camilo Santana em live nesta segunda-feira (20). 

Legenda: Camilo Santana assinou memorando nesta segunda-feira (20)
Foto: Divulgação/Governo do Ceará

Com o projeto, a ideia é reduzir a emissão de novos poluentes, além de ampliar as oportunidades de negócios e geração de empregos no Ceará. 

“Quero agradecer ao Governo do Ceará pela oportunidade de fazer esse projeto piloto, saímos dessa reunião empolgados com a expectativa de futuro. Juntos, Neoenergia e Ceará, demos o primeiro passo para sair do papel e converter em realidade a utilização do hidrogênio verde”, ressaltou David Benavent del Prado, representante da Neoenergia.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre negócios