FGTS: Governo divulga calendário de saque-aniversário

O saque-aniversário só será válido para aqueles que optarem por receber parte do fundo anualmente

Legenda: De acordo com o ministério da Economia, a adesão ao novo modelo não é obrigatória
Foto: Foto: José Leomar

O Governo Federal divulgou, nesta quinta-feira (25), o calendário de saque-aniversário do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) em 2020. A nova categoria criada permitirá pagamentos anuais para aqueles que possuem dinheiro na conta.

O cronograma funciona de acordo com a data de aniversário do beneficiário. Foram anunciados apenas os meses de quem nasceu no primeiro semestre. As datas para quem nasceu no segundo semestre ainda não foram divulgadas.

Confira o calendário para os saques em 2020, dos aniversariantes do primeiro semestre:

Mês de aniversário: Mês de Recebimento:
Janeiro e  fevereiro Saques disponíveis a partir de abril a junho de 2020
Março e abril Saques disponíveis a partir de maio a julho de 2020
Maio e junho Saques disponíveis a partir de junho a agosto de 2020

 

O saque-aniversário só será válido para aqueles que optarem por receber parte do FGTS anualmente. Os interessados pela nova modalidade deverão informar a decisão à Caixa econômica a partir de outubro deste ano.

Após optar pela mudança, o trabalhador não poderá efetuar o saque em caso de rescisão de contrato de trabalho.

De acordo com o Ministério da Economia, a adesão ao novo modelo não é obrigatória. Caso o beneficiário não comunique a intenção de migrar para o saque-aniversário à Caixa, ele continuará na regra anterior.

Em 2021, os saques deverão ser efetuados no primeiro dia do mês do aniversário até o último dia útil do mês seguinte. Caso o trabalhador faça aniversário no dia 15 de abril, ele terá do dia 1º de abril até o último dia útil para sacar a parcela do fundo.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre negócios

Assuntos Relacionados