Dólar cai abaixo de R$ 5,25 com vitória de Biden e expectativa sobre vacina

Na mínima do dia, a moeda norte-americana chegou a R$ 5,224. É a menor cotação intradia desde o dia 16 de setembro, quando o dólar chegou a R$ 5,212

Legenda: Na última sexta-feira (6), o dólar fechou em queda de 2,78%, a R$ 5,392
Foto: Reuters

O dólar opera em baixa de 2,49%, a R$ 5,25, na manhã desta segunda-feira (9) após a vitória do democrata Joe Biden e após uma análise preliminar revelar que a vacina da Pfizer contra o coronavírus foi eficaz em mais de 90% dos casos.

Na mínima do dia, a moeda norte-americana chegou a R$ 5,224. É a menor cotação intradia desde o dia 16 de setembro, quando o dólar chegou a R$ 5,212.

Na última sexta-feira, o dólar fechou em queda de 2,78%, a R$ 5,392. Com o resultado, a moeda dos EUA teve uma queda de 6,03% na semana e parcial do mês. No ano, porém, o dólar ainda acumula alta de 34,4%.

O Ibovespa, por sua vez, opera em alta. Nesta manhã, o índice subia 4,09%, a 105.049 pontos, acompanhando o movimento observado nas bolsas internacionais. Na sexta, a Bolsa fechou em alta de 0,17%, a 100.925 pontos.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre negócios


Egídio Serpa 20 de Janeiro de 2021