AliExpress e Magalu fecham parceria e venderão produtos nos marketplaces das duas empresas

Acordo é inédito para ambas as empresas e foi anunciado ao mercado nesta segunda-feira (24)

Escrito por Diário do Nordeste/Estadão Conteúdo ,
Montagem de fotos mostra dois celulares abertos nos aplicativos da Magazine Luiza e do AliExpress
Legenda: Os produtos da Magalu e da AliExpress serão vendidos nos marketplaces de ambas as empresas
Foto: Shutterstock

O Grupo Magazine Luiza informou, nesta segunda-feira (24), em comunicado enviado ao mercado e aos acionistas, que fechou uma parceria com o AliExpress, plataforma de marketplace internacional do grupo Alibaba, para listagem e venda de seus produtos em ambos os marketplaces.

Com a negociação, o AliExpress passará a vender no marketplace do Magalu (3P), oferecendo itens da sua linha Choice — serviço de compras premium —, incluindo produtos com melhor custo-benefício e velocidade de entrega, destaca a empresa em fato relevante enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

"Um acordo desse tipo é inédito para ambas as empresas. É a primeira vez que o Alibaba, por meio do AliExpress, faz um acordo estratégico com uma empresa fora da China. Para o Magalu, é a primeira vez que seus produtos serão listados e vendidos por meio de outra plataforma de marketplace", ressalta o Magazine Luiza.

Segundo a empresa, serão disponibilizados produtos de diversas categorias, complementares às disponíveis atualmente no e-commerce do Magalu. "Com isso, a companhia amplia de forma significativa o sortimento oferecido, acelerando a sua estratégia de diversificação de categorias e de aumento da frequência de compra", afirma.

Veja também

Como funcionará a parceria?

Os pedidos feitos no Magalu serão importados por meio do programa Remessa Conforme, impulsionando a operação cross border da companhia. Ao mesmo tempo, o Magalu oferecerá produtos do seu estoque próprio na plataforma brasileira do AliExpress, também complementando o sortimento oferecido por eles.

Serão vendidos, inicialmente, itens das categorias de bens duráveis, nas quais o Magalu é líder de mercado no Brasil, com capilaridade logística e multicanalidade, fortalecendo também as vendas do e-commerce com estoque próprio (1P) da companhia.

"A parceria potencializa duas das maiores audiências do e-commerce brasileiro, com mais de 700 milhões de visitas mensais nas duas empresas, e possibilita que o consumidor final tenha acesso a um amplo portfólio de produtos, com curadoria e serviço de qualidade", afirma a varejista brasileira.

Os destaques das últimas 24h resumidos em até 8 minutos de leitura.
Assuntos Relacionados