Air Europa adia retomada da rota Fortaleza-Madri para março de 2021

O motivo, informou a empresa, é a possível 'segunda onda' de Covid-19 na Europa, que afeta o número de voos internacionais ofertados

Legenda: Em nota, a Air Europa disse que, para atender a demanda no Brasil, a empresa tem acordos com a Gol e com a Azul, permitindo que passageiros de todo o país voem com a companhia
Foto: Divulgação

Marcados inicialmente para 1° de novembro, com duas frequências semanais, aos domingos e quartas-feiras, os voos internacionais da Air Europa que ligam Fortaleza a Madri (Espanha) só devem voltar em março de 2021, de acordo com a companhia aérea. O motivo, informou a empresa, é a possível 'segunda onda' de Covid-19 na Europa, que afeta o número de voos internacionais ofertados.

O gerente geral Brasil da Air Europa, Gonzalo Romero, afirmou que todas as rotas da Air Europa estão com a operação sujeita a fatores como a evolução da pandemia, a consequente demanda pelos voos e regras impostas pelos governos. 

"Passamos por um momento muito desafiador em que o cenário muda constantemente, por isso, seguimos monitorando os avanços de abertura e fechamento de fronteiras, para adaptar as rotas e frequências ao cenário atual, garantindo a segurança e a melhor experiência dos passageiros", afirmou o executivo.

Acordos

Em nota, a Air Europa disse que, para atender a demanda no Brasil, a empresa tem acordos com a Gol e com a Azul, permitindo que passageiros de todo o país voem com a companhia.

Confore a empresa, para o a volta, a Air Europa trará o Boeing 787 dreamliner, um dos mais modernos aviões em utilização em todo o mundo. O equipamento é mais confortável, tem menos ruídos e tem uma cabine mais silenciosa e propícia para uma viagem de longo curso, além de ser mais eficiente ao gastar menos combustível por assento. 

Quero receber conteúdos exclusivos sobre negócios