William Bonner explica afastamento da bancada do Jornal Nacional

Âncora e editor-chefe do JN ainda lamentou a morte do ex-diretor de jornalismo da emissora, Alberico de Souza Cruz

Escrito por Redação,

Zoeira
Legenda: William Bonner apresenta telejornal ao lado de Renata Vasconcellos
Foto: Reprodução/Instagram

William Bonner compartilhou o motivo de seu afastamento da bancada do Jornal Nacional, da TV Globo, nessa quarta-feira (11). Segundo publicação nas redes sociais, ele está com um problema na voz e tem atuado apenas na edição do programa. 

"A voz anda ruim. Ontem, foi mais doloroso estar assim, sem condições de apresentar", escreveu o âncora e editor-chefe do JN. Isso porque não pôde anunciar a morte do ex-diretor de jornalismo da emissora, Alberico de Souza Cruz. nem desejar gratidão aos familiares. 

"Queria ter podido dar à família e aos tantos amigos do Alberico o ar sincero de meu respeito, minha consideração e minha gratidão. Foi um chefe importante. Foi quem me fez co-chefiar um telejornal pela primeira vez, há exatos 29 anos e 40 dias."
William Bonner
Jornalista

Resgatando o último encontro com Alberico, Bonner recordou que o viu no aniversário de uma das filhas dele, de quem ele tinha um orgulho "justo e público". "Vi Alberico subir degraus que me haviam alterado a respiração, a frequência cardíaca, a autoestima", descreveu. 

Legenda: William Bonner lamentou a morte de Alberico
Foto: Reprodução/Instagram

O amigo de 84 anos lutava há mais de dois anos contra a leucemia, câncer no sangue. De acordo com a revista Quem, ficou internado na Clínica São Vicente, no Rio de Janeiro. Porém, devido às complicações da doença, faleceu. 

"Ele subiu os mesmos degraus com uma bengala na mão direita, os olhos brilhando. E chegou com aquele sorriso dos vitoriosos. Não estava nem aí pros degraus. Tinha vitórias mais importantes e perenes de que se orgulhar", finalizou.