Thales Bretas joga cinzas de Paulo Gustavo em Nova York: "Você nunca estará ausente"

Médico publicou vídeo de homenagem ao marido nesse sábado (4), quando a morte do ator completou sete meses

Escrito por Redação,

Zoeira
thales bretas e paulo gustavo
Legenda: Cidade escolhida pelo dermatologista era um dos lugares preferidos do humorista
Foto: Reprodução/Instagram

O dermatologista Thales Bretas, viúvo de Paulo Gustavo, compartilhou com os quatro milhões de seguidores, na noite desse sábado (4), um vídeo em que joga as cinzas do marido em Nova York, nos Estados. A data escolhida pelo médico lembra os sete meses da morte do humorista, vítima de Covid-19.

"Hoje o mundo completa 7 meses sem sua presença física, mas você nunca estará ausente! Nunca mais. E agora, para sempre também em Nova York. Foi muito lindo… o dia ficou mais colorido quando te recebeu", disse Thales nas redes sociais.

O médico esteve ao lado do ator Marcus Majella, que considerou o ato como "lindo e cheio de emoção", e outros dois amigos do artista em Nova York, um dos lugares mais preferidos de Paulo Gustavo em vida.

"Amando estar aqui com vocês. Muito importante, essa cidade tem os capítulos mais bonitos da minha história! Reviver ao lado de vocês, com amor, é tudo o que preciso", afirmou Bretas.

Covid-19

Paulo Gustavo morreu aos 42 anos às 21h12 do dia 4 de maio deste ano. Em comunicado da família e equipe médica do artista, a confirmação do falecimento se deu após relatórios recorrentes apontando quadro grave durante tratamento da doença.

"Em todos os momentos de sua internação, tanto o paciente quanto os seus familiares e amigos próximos tiveram condutas irretocáveis, transmitindo confiança na equipe médica e nos demais profissionais que participaram de seu tratamento. A equipe profissional que participou de seu tratamento está profundamente consternada e solidária ao sofrimento de todos", diz o texto.

O ator foi internado ainda no dia 13 de março, em um hospital particular no Rio de Janeiro, após testar positivo para o vírus. De início, as respostas aos cuidados médicos transcorriam bem, mas o artista precisou ser entubado para recorrer à ventilação mecânica.

Na ocasião, a equipe responsável atualizou a situação ao informar que o ator "estava consciente de seu estado", ressaltando na ação como necessidade de prevenção. Ainda assim, a entubação aconteceu dias após sinais de melhora nos pontos "clínico, laboratorial e tomográfico".