Lumena fala a Ana Maria Braga sobre confinamento no BBB 21: 'me perdi no meu propósito'

A psicóloga foi a quinta eliminada do programa e compareceu ao 'Mais Você' nesta quarta (3)

Lumena, ex-participante do BBB21, foi entrevistada no programa de Ana Maria Braga nesta quarta (03)
Legenda: Durante a entrevista, Lumena falou sobre os embates na casa e das questões raciais que se desenvolveram no programa
Foto: reprodução/TV Globo

Eliminada do BBB 21 com 61,31% dos votos do público, Lumena concedeu entrevista a Ana Maria Braga no Mais Você na manhã desta quarta-feira (3). Sobre o jogo, a psicóloga foi taxativa: "me perdi no meu propósito por conta de escolhas". 

A conversa com a apresentadora foi repleta de discussões sobre os momentos de Lumena na casa, consequentemente mostrando o motivo das críticas do público à participação da baiana. Em uma das declarações, ela citou a influência das amizades no confinamento.

"Fiz alianças que me organizaram e em outros momentos me desorganizaram. A minha real estratégia de jogo acabou ficando em segundo plano. Priorizei outra coisa e me perdi no meu 'corre'", argumentou. 

Sobre os desentendimentos com Lucas Penteado e Carla Diaz, Lumena deu pesos diferentes às questões. Sobre o ator, por exemplo, ela informou que os problemas já tinham essência em experiências de vida fora do reality show.

"Quando eu via ele acionar um modo que eu achava muito estranho comigo... Acho que eu fui tentando me defender. Em nenhum momento eu quis tirar o Lucas do jogo, criar uma estratégia para tirar ele do jogo", disse.

"Eu não me permito me anular por causa da jornada de homens, e eu estava me doando para ele, me anulando em prol da jornada dele", completou a baiana.

Enquanto isso, ao falar sobre a atriz, Lumena minimizou os embates. "Alguns comportamentos dela são resultantes de relações que ela tem na sociedade. Consegui fazer interlocuções sinceras com Juliette, com a Viih. Infelizmente com a Carla não consegui. Não sei se infelizmente ou felizmente, não consegui", confirmou.

Racismo e branquitude

Porém, ao citar Carla, Lumena também fez reflexões sobre como o racismo influenciou nas relações do jogo. Segundo ela, a formação sentida por ela ao longo dos anos foi crucial para o desenvolvimento do contato com a paulista.

"A gente analisa a sociedade, os processos de desigualdade e opressão por categorias. Eu, enquanto menina negra criada, cresci com poucas referências de mulheres iguais a mim no entretenimento. Eu não me via. E eu hoje entendo que isso aciona um debate", comentou. 

De acordo com a ex-BBB, esse sentimento tornou diferente a jornada com a artista. "Eu sei que o entretenimento brasileiro prioriza mulheres iguais a Carla e não a mim. Lá, a gente começa a se ler no jogo, os estilos de jogo e estratégias de aliança como cada um se molda ali. E em dado momento me vi, infelizmente, tendo que analisar a jornada dela a partir dessa perspectiva", pontuou.