Potencial do NE no e-commerce não reduz preços elevados de fretes

Levantamento aponta custo até 341,5% mais caro para Fortaleza na comparação com São Paulo. Região teve, em 2018, faturamento de R$ 7 bilhões no comércio eletrônico e ainda enfrenta problemas com os prazos de entrega