Maia chama MP de capenga e Congresso estuda devolver medida que suspende contratos

Após a má repercussão, presidente voltou atrás na decisão e disse que revogaria o trecho da MP