Bolsonaro volta atrás e revoga ponto de MP que permitia suspensão de trabalho por 4 meses

Esse ponto da medida foi alvo de críticas entre parlamentares do Congresso e outro líderes políticos