Máscara só será liberada em ambientes fechados quando Ceará atingir 70% na dose de reforço, diz Camilo

O gestor ponderou que o alcance do imunizante está abaixo de 60%

Escrito por Felipe Mesquita,

Ceará
Legenda: Segundo dados informados por Camilo, o índice está abaixo dos 60%
Foto: AFP

O governador Camilo Santana informou, nesta quarta-feira (30), que a flexibilização do uso de máscaras em locais fechados só ocorrerá quando o Ceará atingir entre 70% a 80% da população vacinada com a dose de reforço (D3) contra a Covid-19. Atualmente, o chefe do Executivo estadual apontou que o índice ainda está abaixo de 60%. 

"A expectativa é liberar a máscara em ambientes fechados a partir do momento que a gente possa atingir um patamar de vacinação da terceira dose. Hoje ainda estamos abaixo de 60% e nós queremos chegar pelo menos a 70%, 80%", afirmou o gestor em entrevista ao Bom Dia Ceará.

O uso de máscara já não é mais obrigatório em locais abertos no Ceará desde o último dia 21 de março. Dessa forma, a população pode suspender o item de proteção em vias públicas, parques, ambientes escolares ao ar livre, shows e eventos.

Camilo garantiu que as discussões sobre o uso facultativo de máscara permanece junto ao Comitê Especial de Enfrentamento à Covid-19, cuja próxima reunião está marcada para esta sexta-feira (1º).

"Vamos avaliar os números da vacinação, números da pandemia para que a gente possa tomar essa decisão com muita segurança", concluiu.