Bombeiros usam baldes para retirar lama e resgatar mulher há 24h em cacimba no Cariri

Vítima está abaixo de camada de barro acumulada no poço, efeito das chuvas que banham a cidade desde ontem (24)

Escrito por Lorena Tavares, João Lima Neto e Theyse Viana, ceara@svm.com.br

Ceará
bombeiro trabalha em resgate de vítima
Legenda: Acidente aconteceu no quintal da residência da família
Foto: Corpo de Bombeiros de Juazeiro do Norte

Uma das duas mulheres que caíram numa cacimba desativada, em Juazeiro do Norte, nessa quinta-feira (24), continua no local após mais de 24 horas da queda. O Corpo de Bombeiros do Ceará (CBMCE) tenta realizar o salvamento desde as 14h de ontem.

O coronel Agnaldo Viana, responsável pelos trabalhos, afirmou ao Diário do Nordeste que 5 agentes estão utilizando baldes para retirar, de forma manual, o barro acumulado na cacimba, após chuvas na cidade. Eles chegaram utilizar uma máquina de sucção, mas não obtiveram sucesso.

Sônia e Edilânea são ex-cunhadas e possuem uma forte relação de amizade
Legenda: Sônia e Edilânea são ex-cunhadas e possuem uma forte relação de amizade
Foto: Arquivo Pessoal

bombeiro trabalha em resgate de vítima
Legenda: Acidente aconteceu no quintal da residência da família
Foto: Corpo de Bombeiros de Juazeiro do Norte

Sônia Cristina Pereira da Silva tem 48 anos, é a segunda de 5 irmãos, e não tem filhos. A atendente de telemarketing, cuja família abriu um pequeno comércio para vender almoço e lanches na garagem de casa, é vista como "uma pessoa querida" pela vizinhança.

Prova disso é que cerca de 30 pessoas acompanham a tentativa de resgate dela pelo Corpo de Bombeiros, como relata o irmão mais velho, Cícero Pereira, 52.

Ela tá um pouco acima do peso, aqui acolá sentia problema de pressão, fora isso é saudável. Mas desde ontem, só a Edilânia falava. Os Bombeiros não conseguem contato com a minha irmã.
Cícero Pereira
Irmão de Sônia

As famílias de Sônia e da dona de casa Edilânia Moreira, 38, primeira a ser resgatada após o acidente, nutrem forte amizade mesmo após o fim do casamento entre Edilânia e o irmão de Sônia. Segundo Cícero, "a Edilânia chega na casa da Sônia de manhã e só sai de noite".

A ex-cunhada dos Pereira tem três filhos, um adulto e duas crianças, e é descrita por Cícero como "alguém que cuida de tudo, de todo mundo". Edilânia permanece hospitalizada, consciente, apesar das fraturas que sofreu com a queda.

Além da preocupação com a irmã, Cícero têm pensado, ainda, na mãe dos dois. A idosa teve um Acidente Vascular Cerebral (AVC) há cerca de 3 meses, e o filho teme pela saúde dela, caso algo grave ocorra com a irmã. Mas para o mototáxi, "se Deus for o cara mesmo", Sônia sairá da cacimba com vida.

Bombeiros pausaram resgate devido às chuvas

Guincho usado por bombeiros para retirar tampa de cacimba
Legenda: Guincho usado por bombeiros para retirar tampa de cacimba
Foto: Lorena Tavares/SVM

O Corpo de Bombeiros retomou o trabalho de resgate de Sônia na manhã desta sexta-feira (25). O trabalho começou na quinta-feira (24). A primeira resgatada foi Edilânia. Na madrugada de hoje, eles pararam as buscas devido às chuvas.

Já ao amanhecer, voluntários ajudaram equipes de segurança a descer no poço de 30 metros. Os agentes do Corpo de Bombeiros solicitaram um guincho para retirar a tampa da cacimba, que inviabilizava a passagem das equipes até o local onde Sônia permanece.