Livro de estreia da cearense Sofia Osório transforma questões cotidianas em arte

"Medos rabiscados" tem lançamento virtual marcado para esta terça-feira (6), às 20h

Legenda: Desenho presente na segunda parte do livro, "Enredos"
Foto: Ilustração: Catharine Yamato

Ressignificar o viver tem sido um dos expedientes mais urgentes no presente momento. A emergência da pandemia de Covid-19, ao mesmo tempo que avolumou as angústias, também permitiu intensos mergulhos interiores, germinando uma pluralidade de reflexões.

É a partir desse recorte que "Medos rabiscados" chega aos olhos do público. Livro de estreia da cearense Sofia Osório, a obra ganha lançamento virtual nesta terça-feira (6), às 20h, por meio de live no perfil pessoal da escritora, no instagram. A mediação fica por conta da também literata Vanessa Passos, que assina o prefácio do trabalho.

No mesmo dia, entra ao ar a campanha de financiamento coletivo na plataforma Catarse, que funcionará como uma espécie de pré-venda do título. Aderindo à iniciativa, as leitoras e os leitores poderão adquirir o exemplar antes de ele ser impresso em um dos kits disponíveis. 

Legenda: Segundo a escritora Sofia Osório, o cerne da publicação é a busca por transformar questões cotidianas em arte
Foto: Arquivo pessoal

A depender do valor da contribuição, será disponibilizado livro físico autografado, a versão digital dele, marcador de página, caderneta especial e cartões postais com ilustrações.

Em entrevista ao Verso, Sofia afirma que o cerne da publicação é a busca por transformar questões cotidianas em arte. "Todo mundo passa por solidão, medo, angústia, vergonha. E tudo isso pode ser ressignificado por meio da arte. Arte é escrita, música, imagem", diz.

Tantos diálogos

Esse intercâmbio de linguagens é sentido por toda a extensão da obra, cujos textos nasceram por volta de 2017 e, no total, conta com 14 ilustrações. "Aos poucos, o projeto foi ganhando forma, pois fui dando a ele uma estrutura", conta a escritora.

A versão final possui três divisões. A primeira parte, intitulada "Limiares", discorre a respeito do sentimento de quando estamos no limite, em que não é mais possível ver cor e sentido na vida e nas relações. Nessa seção, os desenhos são assinados pela artista Rute Guedes.

Na sequência, "Enredos" trata sobre como a arte pode nos resgatar em meio a uma realidade de agruras. Aqui, as artes são ilustradas por Catharine Yamato.

Por fim, "Travessias" fala de buscas, imergindo nas nuanças presentes no íntimo quando estamos tentando nos encontrar, em nós mesmos e no mundo. As ilustrações são da artista Sara Guedes.

"Nesse livro, um texto não se equilibra sem o outro. Eu poderia escrever um livro de poemas ou de crônicas. Mas não o fiz porque não era possível", contextualiza Sofia.

Segundo ela, essa impossibilidade decorre da estrutura narrativa abraçada. Nela, um poema complementa um texto em prosa, que complementa um outro texto em prosa poética, que complementa uma produção intercruzando prosa com poema. Em "Medos Rabiscados", tudo se conecta.

Ponto de encontros

Frente ao primeiro lançamento solo – Sofia já participou da antologia de contos “Raízes”, publicada pela Editora Escambau, e colabora com projetos virtuais de literatura –, a também produtora de conteúdo criativo e cultural se diz emocionada por estar dando corpo ao projeto, sobretudo pelo caráter independente da empreitada.

"A leitura tem me salvado muito durante a pandemia. Acredito que pode ajudar a quem for ler 'Medos Rabiscados' também. É um livro sobre angústias e medos, mas também a respeito de se encontrar dentro de si mesmo".

Legenda: Desenho presente na terceira parte da obra, "Travessias"
Foto: Ilustração: Sara Guedes

Além da já mencionada Vanessa Passos, também comentam sobre a obra os escritores Bruno Paulino, que assina o texto de orelha do livro; e Hermes de Sousa Veras, responsável pela quarta capa, chancelando a singularidade do material.


Serviço
Lançamento do livro "Medos rabiscados", da escritora Sofia Osório
Nesta terça-feira (6), às 20h, por meio de live no perfil pessoal da autora (@sofiaosoriodc). Campanha de financiamento coletivo presente neste link

Você tem interesse em receber mais conteúdo de entretenimento?