Conheça a biografia da cantora Miúcha; Irmã de Chico Buarque fez parte da Bossa Nova

A cantora Miúcha foi a voz que serviu ao primeiro escalão da bossa nova

Legenda: Miúcha em show que homenageou os 50 anos da Bossa Nova em Fortaleza, no Theatro José de Alencar (09/09/2008)
Foto: Foto: Kiko Silva

Era como a seda, uma voz que chegava aonde queria com o balbuciar dos cochichos e a leveza do vento. Miúcha era na vida o que cantava. Amorosa, leal, entregue, sorridente, da espécie de gente que gosta de gente. Irmã de Chico Buarque, filha de Sérgio, amiga de Vinicius, casada com João Gilberto, mãe de Bebel, jamais tirou proveito da poltrona de vista privilegiada na qual se sentou a vida toda e que lhe permitia ver tudo. Miúcha vai fazer falta.

> Cantora Miúcha morre aos 81 anos no Rio de Janeiro

> Trajetória de Miúcha é lembrada por amigos; Cearense Lúcia Menezes recorda parceria e amizade

A cantora e a mulher, que não resistiu ao câncer no pulmão e teve uma parada respiratória, se foi nesta quinta, 27, aos 81 anos, no Rio. A cantora anda carente de certa reavaliação que a tire da zona reducionista de "uma das vozes da bossa nova". Ela era mais que isso, apesar de ter tido seu material vocal todo esculpido na madeira de Tom, João Gilberto e Vinicius.

O álbum com Tom, o primeiro da dupla, de 1977, trazia o naturalismo do gênero sem sacrifícios da afinação, um equilíbrio raro. Antes da cantora, era a mulher. Casados, Miucha e João Gilberto seguiram para Nova York e tiveram a única menininha de uma união que duraria de 1965 a 1971: Bebel Gilberto.

Seu primeiro álbum viria mais tarde, em 1976, já separada de João Gilberto (de quem nunca se afastaria) e morando no Brasil. The Best of Two Worlds era um projeto mais de Stan Getz e João Gilberto, unindo mais uma vez os mundos de um bossa-novista, João, e um jazzista, Getz.

A gravação que fica em sua voz, por todos os 14 discos que lançou, é Pela Luz dos Olhos Teus, composta por Vinicius de Moraes e gravada em parceria com Jobim no disco de 1977. Poucas cantoras deixaram uma dignidade tão impactante quanto a que Miúcha deixa transparecer quando canta como se fosse um de nós: "Quando a luz dos olhos meus / E a luz dos olhos teus / Resolvem se encontrar". 

Você tem interesse em receber mais conteúdo de entretenimento?