Abertura do 29º Cine Ceará exibe ‘A vida invisível de Eurídice Gusmão’, de Karim Aïnouz

Premiado como melhor filme na mostra "Un Certain Regard" no Festival de Cannes, o aguardado longa abre festival no dia 30 de agosto em Fortaleza

Legenda: ‘A Vida Invisível de Eurídice Gusmão’ tem previsão de lançamento para outubro de 2019
Foto: DIVULGAÇÃO

O 29º Cine Ceará - Festival Ibero-americano de Cinema acontece de 30 de agosto a 6 de setembro em Fortaleza. A noite de abertura conta com exibição de "A Vida Invisível de Eurídice Gusmão", longa de Karim Aïnouz premiado como melhor filme na mostra Un Certain Regard no Festival de Cannes. O longa de Aïnouz será exibido  no Cineteatro São Luiz.

Após a vitória em Cannes, o projeto foi contemplado com o também inédito CineCoPro Award no Filmfest München, na Alemanha. Livre adaptação do romance homônimo de Martha Batalha, o longa já recebeu elogios de algumas das mais prestigiosas publicações do segmento de cinema no mundo, como o The Hollywood Reporter, Screen Daily e Variety. Além de Cannes e Munique, a obra esteve nas seleções oficiais dos festivais de Sydney, do Midnight Sun, na Finlândia, e de Karlovy Vary, na República Tcheca, e será exibido no Transatlantyk Festival, na Polônia, e no Festival de Cinema da Nova Zelândia.

Sinopse

Rio de Janeiro, 1950. Eurídice, 18, e Guida, 20, são duas irmãs inseparáveis que moram com os pais em um lar conservador. Ambas têm um sonho: Eurídice o de se tornar uma pianista profissional e Guida de viver uma grande história de amor. Mas elas acabam sendo separadas pelo pai e forçadas a viver distantes uma da outra. Sozinhas, elas irão lutar para tomar as rédeas dos seus destinos, enquanto nunca desistem de se reencontrar.   

O longa é uma produção da RT Features, de Rodrigo Teixeira, em coprodução com a alemã Pola Pandora, braço de produção da The Match Factory, de Michael Weber e Viola Fügen, além da Sony Pictures Brasil, Canal Brasil e Naymar (infraestrutura audiovisual), e conta com o financiamento do fundo alemão Medienboard Berlin Brandenburg e do Fundo Setorial do Audiovisual/Ancine. A Sony Pictures será a distribuidora responsável pelo lançamento no Brasil em 31 de outubro.

Trajetória de Aïnouz

Formado em Arquitetura pela Universidade de Brasília, Aïnouz fez mestrado em Teoria e História do Cinema pela Universidade de Nova York e participou do Whitney Independent Study Program. Cineasta premiado e celebrado mundialmente, roteirista e artista visual, realizou diversos curtas-metragens, documentários e instalações. Dirigiu os longas-metragens ‘Madame Satã’ (2002), ‘O Céu de Suely’ (2006), ‘Viajo Porque Preciso, Volto Porque Te Amo’ (2009, codirigido com Marcelo Gomes), ‘O Abismo Prateado’ (2011, produzido pela RT Features), ‘Praia do Futuro’ (2014), além do documentário ‘Aeroporto Central’ (2018). 

O próximo longa-metragem, ‘A Vida Invisível de Eurídice Gusmão’, tem previsão de lançamento para outubro de 2019. Para a televisão, codirigiu com Sergio Machado a minissérie ‘Alice’, filmada no Brasil e transmitida pelo canal HBO em 2008. Aïnouz é um dos tutores do laboratório de roteiros do Porto Iracema das Artes em Fortaleza e membro da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas. 
 
SERVIÇO
29° Cine Ceará - Festival Ibero-americano de Cinema - De 30 de agosto a 06 de setembro de 2019 em Fortaleza. Informações: www.cineceara.com.