5 séries brasileiras produzidas na quarentena para assistir de graça no Youtube

Gravadas dentro de casa, as webséries mostram conversas e reflexões provenientes do período de isolamento social

Legenda: O projeto "Sala de Roteiro" é formado pelos atores Andréa Beltrão, Mariana Lima, Henrique Diaz, Marcos Palmeira e William Costa e aborda o cenário político brasileiro
Foto: Reprodução

Gravações de novelas e séries, assim como apresentações de peças e espetáculos, estão suspensas desde março devido às medidas de segurança sanitária impostas pela pandemia do novo coronavírus. Entretanto, o isolamento social não parou a produção de arte e inovação dos artistas brasileiros, mesmo restritos ao ambiente caseiro. 

Em esforços de se adaptar aos novos tempos e formatos, atores e diretores pegaram inspiração no momento difícil pelo qual estamos passando para criar série caseiras, gravadas durante a quarentena. Algumas dessas webséries estão disponíveis em plataformas gratuitas, como o Youtube e o Gshow, e mostram conversas e reflexões do período vivido dentro de casa. 

"Horas em Casa", com Denise Fraga, e "Se Eu Estivesse Aí", com Débora Falabella, são algumas das produções que adotaram essa nova configuração. Confira mais webséries para assistir gratuitamente:

Sala de Roteiro

Foto: Reprodução

Escrita por Antônio Prata, a websérie mostra cinco roteiristas - interpretados por Andréa Beltrão, Mariana Lima, Henrique Diaz, Marcos Palmeira e William Costa - discutindo em videochamada o rumo de uma série já existente. 

A trama busca ainda satirizar a política brasileira ao comentar acontecimentos que fazem parte da história recente do país, como a prisão de Fabrício Queiroz, ex-assessor de Flávio Bolsonaro, encontrado em imóvel do advogado Frederick Wassef. O assunto foi tema do primeiro episódio da série.

A produção foi inspirada pela crônica 'Brasil, sala de roteiro', publicada por Prata na Folha de S. Paulo em junho deste ano. Os capítulos serão lançados semanalmente no Youtube

Horas em Casa

Foto: Reprodução / Instagram

Denise Fraga, inspirada pelas reflexões da quarentena, resolveu criar uma nova websérie sobre histórias e sentimentos frutos do momento. Filmada com o marido, o diretor Luiz Villaça, a produção intitulada “Horas em Casa” é derivada da peça solo “Eu de Você”, na qual a atriz apresentava narrativas reais com colaboração do público e com referências da literatura, música, imagens e poesia.

Com episódios semanais, a série mostra diálogos de Denise, sozinha em cena, com o marido e o filho, também em quarentena mas sempre fora do quadro. Nos episódios, ela conversa também com o próprio espectador, utilizando-se de técnicas como a quebra da quarta parede. A produção está disponível no canal “Eu de Você”, no Youtube

Diário de uma Quarentena

Foto: Reprodução

Na websérie "Diário de uma Quarentena", Débora Falabella interpreta a escritora Dani, sua personagem no filme "Depois a Louca Sou Eu". A comédia dramática de Julia Rezende, baseada no livro homônimo de Tati Bernardi, tinha lançamento marcado para 30 de abril, mas foi adiado devido à pandemia.

Como derivado do filmes, a série reúne relatos bem humorados da personagem durante o isolamento social, como os desafios que Dani precisa enfrentar para lidar com suas constantes crises de pânico e ansiedade. Os episódios estão disponíveis no Youtube e no perfil de Débora no Instagram.

Se Eu Estivesse Aí

Foto: Reprodução / Instagram

Débora Falabella e Gustavo Vaz usaram o isolamento para produzir uma websérie com formato inédito. “Se Eu Estivesse Aí” acontece em episódios curtos, de até 5 minutos, gravados com áudio 3D, uma tecnologia de som que cria a sensação de presença física. A série traz a história de um casal em crise que, separado em época de quarentena, troca mensagens de celular.

Texto, direção, criação e edição foram pensados pelos dois atores. Para uma melhor experiência, eles ainda sugerem que o espectador feche os olhos junto com a personagem, de forma a se aproximar da sensação real e íntima do casal. Os episódios serão lançados às segundas no Gshow e também no perfil da atriz no Instagram.

Saraliaeleia

Foto: Reprodução / Instagram

Atualmente no ar com a reprise de “A Praça é Nossa”, Renata Brás aproveitou o tempo livre da quarentena para lançar um novo projeto: a websérie “Saraliaeleia”. Trata-se de uma tragicomédia, na qual três amigas compartilham os conflitos pessoais em meio ao caos da pandemia, convivendo em um quarto e sala.

Além de Renata Brás, a produção conta com a participação de Mônica Carvalho e Michelle Muniz. Os episódios estão disponíveis tanto no Instagram como no Youtube

 

Você tem interesse em receber mais conteúdo de entretenimento?

Assuntos Relacionados