Articulação deve levar Ciro Nogueira à Casa Civil de Bolsonaro; saiba quem é e a relação com o Ceará

Senador líder do chamado "centrão" é presidente nacional do PP, sigla aliada ao grupo governista no Estado

Senador Ciro Nogueira
Legenda: Se confirmada a indicação de Ciro Nogueira à Casa Civil, rearranjo poderá refletir diretamente na política cearense
Foto: Agência Senado

Em uma manobra que levará de vez o chamado centrão para dentro do Planalto, o presidente Jair Bolsonaro deverá indicar o senador pelo Piauí Ciro Nogueira, presidente do Partido Progressista (PP) para ser o novo ministro-chefe da Casa Civil,  a principal pasta do Governo Federal.

A mudança ministerial foi admitida na manhã desta quarta-feira (21) pelo presidente e repercutida por portais nacionais.

Nogueira é aliado e correligionário do presidente da Câmara, Arthur Lira, que já tem uma aliada no coração da gestão Bolsonaro, a deputada Flávia Arruda, que ocupa a secretaria de Governo.

Mais uma indicação forte do Centrão revela uma certa fragilidade do governo, em momento em que a CPI da Pandemia avança no Congresso Nacional e que o governo está sob denúncias.

O rearranjo na pasta mais importante do comando do Executivo, é tido como uma garantia do apoio do grupo ao Governo Federal em meio ao desgaste causado com as denúncias de corrupção na CPI da Pandemia. 

O general Luiz Eduardo Ramos que atualmente ocupa o cargo deverá ser remanejado para a Secretaria-Geral, comandada por  Onyx Lorenzoni. De acordo com o colunista Lauro Jardim, do jornal O Globo, o governo deve manter Onyx em outra função no Executivo. 

Relação do senador com o Ceará

Avião presidencial com aliados do presidente Bolsonaro no Ceará, em Março
Legenda: Deputado AJ Albuquerque (primeiro da esq. para dir.) ao lado do presidente Bolsonaro e aliados, durante comitiva presidencial em março, no Ceará
Foto: Divulgação

A mudança no governo federal poderá ter também reflexos no Ceará.

No Estado, o PP tem como presidente o deputado federal AJ Albuquerque, filho do secretário de Cidades do governo Camilo Santana, Zezinho Albuquerque, ex-presidente da Assembleia Legislativa.

Zezinho é aliado de primeira hora dos irmãos Ciro e Cid Gomes, adversários de Jair Bolsonaro no Ceará.

Próximo de Ciro Nogueira e Arthur Lira, AJ acompanhou a comitiva presidencial na última visita de Bolsonaro ao Estado, no início do ano, e foi fotografado ao lado de políticos bolsonaristas.

Aliança com Bolsonaro em Brasília não impede, entretanto, as alianças com as mais diversas forças políticas no Estado. Ciro Nogueira mantém relações com o grupo governista no Ceará.

Título e parentesco

De família tradicional na política no Piauí, Ciro Nogueira é sobrinho do falecido Etevaldo Nogueira, empresário e deputado federal pelo Ceará em 1986 e 1990 e mantém boas relações políticas com lideranças cearenses.

Além disso, o senador piauiense pode receber Título de Cidadão Fortalezense no âmbito da Câmara Municipal. O projeto apresentado pelo vereador Emanuel Acrízio, também do Progressistas, está em redação final na Casa Legislativa.