Projeção para o dólar cai de R$ 5,45 para R$ 5,41 ao fim de 2020, aponta BC

Além da projeção do dólar, economistas do mercado financeiro fizeram novas análises para IPCA e PIB

Legenda: Para 2021, a projeção para o câmbio seguiu em R$ 5,20, ante R$ 5,10
Foto: Agência Brasil

O Relatório de Mercado Focus, divulgado na manhã desta segunda-feira, 16, pelo Banco Central, mostrou alteração no cenário para a moeda norte-americana em 2020. A mediana das expectativas para o câmbio no fim do ano foi de R$ 5,45 para R$ 5,41, ante R$ 5,35 de um mês atrás. Para 2021, a projeção para o câmbio seguiu em R$ 5,20, ante R$ 5,10 de quatro pesquisas atrás.

Projeção para IPCA 

Além disso, os economistas do mercado financeiro alteraram a previsão para o IPCA - o índice oficial de preços - em 2020. O Relatório de Mercado Focus divulgado nesta segunda-feira pelo Banco Central, mostra que a mediana para o IPCA neste ano foi de alta de 3,20% para 3,25%. Há um mês, estava em 2,65%. A estimativa para o índice em 2021 foi de 3,17% para 3,22%. Quatro semanas atrás, estava em 3,02%.

O relatório Focus trouxe ainda a projeção para o IPCA em 2022, que seguiu em 3,50%. No caso de 2023, a expectativa permaneceu em 3,25%. Há quatro semanas, essas expectativas eram de 3,50% e 3,25%, nesta ordem.

A projeção dos economistas para a inflação está abaixo do centro da meta de 2020, de 4,00%, sendo que a margem de tolerância é de 1,5 ponto porcentual (índice de 2,50% a 5,50%). No caso de 2021, a meta é de 3,75%, com margem de 1,5 ponto (de 2,25% a 5,25%). A meta de 2022 é de 3,50%, com margem de 1,5 ponto (de 2,00% a 5 00%), enquanto o parâmetro para 2023 é inflação de 3,25%, com margem de 1,5 ponto (de 1,75% a 4,75%).

PIB de 2020

Em relação às projeções para o Produto Interno Bruto (PIB), os economistas do mercado financeiro também alteraram suas projeções para 2020. Conforme o Relatório de Mercado Focus, a expectativa para a economia este ano passou de retração de 4,80% para queda de 4,66%. Há quatro semanas, a estimativa era de baixa de 5,00%. Para 2021, o mercado financeiro manteve a previsão do Produto Interno Bruto (PIB), de alta de 3,31%. Quatro semanas atrás, estava em 3,47%.

No Focus divulgado nesta segunda-feira, 16, a projeção para a produção industrial de 2020 foi de baixa de 5,49% para retração de 5,34%. Há um mês, estava em baixa de 5,98%. No caso de 2021, a estimativa de crescimento da produção industrial foi de 4,00% para 3,72%, ante 4,27% de quatro semanas antes.

Selic 

Já as projeções para a Selic (a taxa básica da economia) continuam as mesmas no fim deste ano. O Relatório de Mercado Focus trouxe que a mediana das previsões para a Selic neste ano seguiu em 2,00% ao ano. Há um mês, estava no mesmo patamar.

Já a projeção para a Selic no fim de 2021 permaneceu em 2,75% ao ano, ante 2,50% de quatro semanas atrás. No caso de 2022, a projeção seguiu em 4,50% ao ano, igual a um mês antes. Para 2023 seguiu em 6,00%, ante 5,50% de quatro semanas atrás.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre negócios

Assuntos Relacionados