Fortaleza terá duas novas estações de carregamento de veículos elétricos em 2021

Projeto da Enel X e Estapar criará a primeira rede de carregamento de veículos elétricos semi-públicos do país. Fortaleza e mais 22 cidades já começaram a receber o serviço

Carro elétrico

Fortaleza terá duas estações de carregamento de veículos elétricos semi-públicos até fevereiro de 2021. O projeto é resultado da parceria da Enel X e da rede de estacionamentos Estapar, que prevê a criação de “Ecovagas” capazes de abastecer até 80% da bateria do carro em três horas.

O processo de instalação das estações teve início no mês de dezembro e deve ser concretizado até fevereiro do ano que vem. Em Fortaleza, os pontos de carregamento serão instalados nos bairros Dionísio Torres e Praia de Iracema

A Enel X estima que há cerca de 1.700 carros elétricos no Brasil, e em torno de 24 estão no Ceará. Segundo Paulo Maisonnave, da e-mobility da Enel X, o segmento vem crescendo em Fortaleza, um dos motivos pelos quais a capital cearense foi uma das 23 cidades escolhidas para sediar o projeto. 

“O estado do Ceará é extremamente relevante no Plano de Mobilidade Elétrica da Enel X pelo seu potencial econômico e turístico, bem como pelo papel de precursor da Mobilidade Elétrica no país com o projeto de compartilhamento público de veículos elétricos. Além disso, vale destacar que, ao prover a infraestrutura de recarga, promovemos também o mercado de carros elétricos na região", indica Paulo. 

Carregamento inteligente

Os equipamentos a serem instalados fornecem um carregamento inteligente semi-rápido, capaz de abastecer 80% da bateria de um automóvel elétrico e híbrido plug-in em aproximadamente 3 horas. As instalações também contarão com assistência para gestão e manutenção dos dispositivos. 

A Enel X e a Estapar apostam que o diferencial do projeto é a experiência proporcionada ao usuário. O serviço será disponibilizado de forma gratuita aos clientes das empresas parceiras do projeto, em especial as companhias do setor automotivo, as quais financiarão as “Ecovagas”.

Para usufruir da gratuidade, o usuário deve se cadastrar no aplicativo "Vaga Inteligente" para confirmar a sua elegibilidade de acesso ao sistema de carregamento. O único valor desembolsado pelo proprietário será o do estacionamento do veículo. 

Já aqueles cujos veículos elétricos são de montadoras que ainda não firmaram parceria com as empresas, o serviço será disponibilizado por seis meses. Após o fim do prazo, o sistema irá restringir o acesso ou emitir uma cobrança ao cliente pelo uso da infraestrutura de recarga do seu veículo elétrico.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre negócios