Diário do Nordeste amplia portfólio e digitaliza todos os produtos

O jornal de maior relevância do Estado assume a missão de ser líder no ambiente digital em todo o Nordeste

Em evento destinado ao mercado e parceiros, os executivos apresentaram a estratégia digital do veículo.
Legenda: Em evento destinado ao mercado e parceiros, os executivos apresentaram a estratégia digital do veículo.

O Diário do Nordeste, empresa do Grupo Edson Queiroz, lançou nesta quinta-feira (18) os novos produtos digitais que vão compor o portfólio de conteúdo e mídia a partir deste mês. A iniciativa faz parte da decisão estratégica de se tornar o mais relevante e acessado veículo de informação do Nordeste nos próximos dois anos. 

Leia mais

Hoje, em evento destinado ao mercado e parceiros, os executivos apresentaram a estratégia digital do veículo. Ao mesmo tempo será encerrada a edição em papel, que passa a ser entregue ao assinante no formato digital. O Diário do Nordeste vai ser impresso pela última vez no próximo dia 28. 

"O Diário do Nordeste possui relação de longa data com seu público. E o perfil desse leitor mudou. Para acompanharmos totalmente o novo comportamento, estamos focando nossa energia no digital. Com isso, ampliamos a versão digitalizada do jornal para que o leitor possa desfrutar do nosso conteúdo em qualquer plataforma a qualquer hora", afirma Carlos Rotella, presidente executivo do Grupo Edson Queiroz. 

O diretor-superintendente do Sistema Verdes Mares (SVM), Ruy do Ceará, apresentou os detalhes da iniciativa. "Contratamos uma das mais relevantes e sólidas consultorias internacionais para fazer essa transição com segurança. Nosso modelo está focado em ampliar os acessos através de um framework de conteúdo tecnicamente perfeito”, explica. 
 

Modernização 

Para acompanhar os novos hábitos de consumo de audiências, a empresa ampliará as operações digitais do Diário do Nordeste e atuará centrada em inteligência de dados. Profissionais em SEO - de performance a otimização para os serviços Google, marketing e análise de dados atuarão, munidos por ferramentas e softwares especializados, com foco no cliente, para servir melhor às audiências digitais do veículo. 

Também será iniciado o modelo de paywall de assinatura do portal. Uma plataforma ágil e segura para as transações on-line que darão acesso ao conteúdo exclusivo do site através de login e senha. 

O diretor comercial e marketing do Sistema Verdes Mares, Erick Picanço, destaca que a modernização do Diário do Nordeste faz parte de estratégia baseada num amplo banco de dados que tem sido fundamental para o desenvolvimento de novos produtos digitais, como o PontoPoder e a SiSi.  "Temos o maior banco de dados do mercado que consegue entender o consumidor por gênero, idade, classificação econômica e, inclusive, geolocalização através do IPC Maps. A gente compreende que o conteúdo é o herói desse novo modelo de comunicação e é nisso que o Diário do Nordeste está focando", reforça. 

A diretora digital do SVM, Ívila Bessa, diz que a mudança vai amplificar e qualificar a cobertura do jornal. "Iremos investir em um jornalismo ágil, profundo, analítico e com informação exclusiva; e ter um mix de canais atualizado que compreenda todos os espectros da vida do nosso leitor. Uma lista que só cresce para atender melhor ao desejo das pessoas por informação, que influencie tomadas de decisão, úteis e que ainda entretenha", complementa. 

Para atingir dois tipos de públicos, as estratégias de distribuição de conteúdos serão divididas na redação em Audiência Massiva e Audiência Fiel. O primeiro foca na ampliação da escala e regionalização, ampliando o espectro de audiência da marca. Já o segundo é pautado em conteúdos relevantes e exclusivos, que interessam a assinantes, com foco em áreas temáticas como saúde, educação, segurança, política, economia, esporte, entretenimento, entre outros. 

O diretor de operações do SVM, Ildefonso Rodrigues, reforça que essa modernização garante que o Diário do Nordeste se consolide cada vez mais como referência em conteúdo de qualidade no digital e explica que a Redação Integrada do Sistema Verdes Mares foi reestruturada para atender melhor esse novo momento.  “Nessa estratégia de garantir que o conteúdo esteja cada vez mais forte, reforçamos a área de audiovisual para que a gente possa entregar mais ao leitor notícias ricas em vídeos, fotos e infográficos”, pontua.   

Novos colunistas e canais 

Para ancorar esta nova fase 100% digital, o Diário do Nordeste lança um novo time de colunistas que conta com nomes como o escritor Lira Neto, a professora Zelma Madeira, o jornalista Xico Sá, o escritor Ruy Câmara, o ator Silvero Pereira, a escritora Socorro Acioli, o ativista e produtor cultural Preto Zezé, entre outros.  

Eles se juntam a uma equipe de colunistas formada por várias referências em diferentes áreas de atuação que irão analisar as principais notícias e fatos da vida cotidiana, política, economia, saúde, empreendedorismo e comportamento. 

O Diário do Nordeste retorna ainda com o produto Zoeira e cria novas páginas para audiência, como SiSi, Papo Carreira, Ser Saúde, É Hit, entre outros. Nos últimos meses, o Diário já havia ampliado o portfólio de produtos, com os recém-lançados PontoPoder, Dias Melhores, EducaLab, Seu Direito e Vem Empreender. 
 

Audiência  

O novo momento já colhe frutos nos números do Diário do Nordeste. Há três meses, o veículo bate, seguidamente, os próprios marcos de audiência. 

Mais de 12,8 milhões de usuários e 37,7 milhões de pageviews foram contabilizados em janeiro, conforme dados do Google Analytics. O número representa um crescimento de 78,70% em comparação com o mesmo mês no ano anterior. 

Já segundo a ComScore - ferramenta mundial de análise da internet para grandes empresas, agências de publicidade e de mídia - o Diário do Nordeste é o veículo no Ceará com números mais qualificados da audiência, somando em dezembro mais de 35,9 milhões de páginas visitas e com tempo total médio de 43,6 minutos por usuário. Representa, nessa metodologia, um crescimento de 139,3%.  

Serão lançados ainda ao longo deste ano novos produtos que irão reunir conteúdos de entretenimento, prestação de serviços, formação educacional, esporte - com um nível de profundidade relevante para o público nordestino - e também de temas que buscam aprofundar a relação com as empresas e a sociedade. A transformação será feita em etapas, com a criação de novos produtos, serviços e modelos de mídia buscando atingir a liderança no Nordeste. 

Quero receber conteúdos exclusivos sobre negócios

Assuntos Relacionados