Rodrigo usa termo "traveco" no BBB 22 e é repreendido por brothers da casa

Após a fala, o participante foi aconselhado por Vyni e Maria. Fala repercutiu nas redes sociais

Escrito por Redação,

Zoeira
Legenda: Rodrigo se mostrou apreensivo após declaração no confinamento
Foto: reprodução/Gshow

O participante do BBB 22 Rodrigo Mussi, um dos integrantes do grupo 'Pipoca', foi criticado nas redes socais na madrugada desta sexta-feira (21) após usar termo equivocado para se referir a uma travesti. O brother era um dos que tinham chamado a atenção do público de forma positiva desde o início do programa.

Em conversa com Eliezer no quarto, após o brother contar uma de suas histórias, Rodrigo tentou "zoar" o colega de confinamento, mas foi corrigido por Maria e Vyni. "Ô Eli, eu estou tentando dormir, mas estou lembrando do pint* do traveco que você ficou com medo", disse ele, utilizando o termo preconceituoso.

Veja:

Em seguida, os demais brothers no quarto se posicionaram contra a afirmativa. "Hum, Hum, traveco não", disse Vyni. "É, isso aí não foi uma coisa legal de se falar", declarou Maria, que ouviu um pedido de desculpas de Rodrigo na sequência.

Após o momento, Rodrigo se levantou da cama e seguiu para o jardim da casa, onde já estavam Pedro Scooby e Vyni. Ambos aconselharam o brother a conversar com Linn da Quebrada, outra participante do 'Camarote', sobre os termos corretos. A artista é travesti.

Já na manhã desta sexta, Rodrigo conversou com Linn, pedindo "ajuda". Ela explicou: "'Traveco' é utilizado nesse lugar pejorativo, né". O empresário afirmou, então, que não teve "intenção de denegrir a imagem de nada". E Linn destacou que o termo é ofensivo: "Nem 'denegrir' é legal, porque 'denegrir alguém' tem a ver com 'negro'."