Polícia prende um dos suspeitos da morte do namorado da atriz Carla Daniel

O corpo do músico Sérgio Stamile foi encontrado no Parque Garota de Ipanema, no Rio de Janeiro, em 10 de agosto

Escrito por Redação,

Zoeira
Carla Daniel e Sérgio Stamile
Legenda: Após a prisão, a atriz usou as redes sociais para se manifestar sobre o andamento das investigações: "Que a Justiça seja feita", escreveu
Foto: Reprodução/Instagram

Imagens das câmeras de segurança da região do Arpoador, no Rio de Janeiro, auxiliaram a Polícia a identificar e prender, no sábado (28), um dos dois suspeitos de envolvimento na morte do músico Sérgio Stamile, de 41 anos. O corpo dele foi encontrado no Parque Garota de Ipanema no dia 10 de agosto. As informações são do jornal Extra.

Conforme as investigações, o capturado foi Pablo Francisco da Silva, de 20 anos, que vivia em situação de rua na região onde ocorreu o crime. O outro suspeito seria Flavio Lima de Mello, 29 anos, apontado como o autor do golpe fatal que causou o falecimento da vítima. Ele estava foragido até domingo (29). 

Dois funcionários de um quiosque relataram à publicação que o homem preso trabalhava em uma barraca de cachorro-quente na região, e aparentava ser uma "pessoa calma".

"Pablo é um cara muito pacífico e gentil, brinca com todo mundo. Não dá para acreditar que foi ele que matou esse rapaz. Mesmo depois do crime, ele continuou trabalhando normalmente", disse um deles, que pediu para não ser identificado.

Um ambulante da região também contou ao Extra que conhecia o suspeito que, segundo ele, apesar de trabalhar, praticava alguns furtos e andava com usuários de crack. Flavio também era conhecido pelos trabalhadores do local, mas não era visto por eles há um tempo. 

Como foi o homicídio

A Polícia Civil revelou que as imagens das câmeras possibilitaram a identificação dos responsáveis pelo óbito de Stamile. As gravações mostram parte da dinâmica do crime, informou a corporação. O segundo suspeito segue sendo procurado. 

As filmagens flagraram o músico entrando no parque durante a madrugada do dia 10 de agosto e discutindo com os homens, que em seguida asfixiaram a vítima, com um golpe conhecido como "mata-leão", e fugiram do local com o celular e a carteira dele. 

Conforme o delegado assistente da Delegacia de Homicídios do Capital (DHC), Cassiano Conte, ao jornal Extra, Stamile entrou no parque à 1h34. Sete minutos depois, discutiu com Pablo e Flavio. Ele entrou em uma gruta do local, e logo depois os dois homens o acompanharam.

À 1h46, o vídeo mostra Flavio entrando na gruta. Dois minutos depois, é a vez de Pablo. À 1h54, os dois aparecem abaixados, momento em que estariam roubando a carteira e o celular de Sérgio. Em seguida, conforme as investigações, eles saem do local com os pertences da vítima.

O músico, que era conhecido como Pirata do Arpoador, era companheiro da atriz Carla Daniel. No dia 9 de agosto, ele teria sido deixado na porta de casa pela namorada, mas, ao invés de entrar, seguiu para o parque, onde costumava meditar. 

O corpo dele foi encontrado no dia seguinte no local, sem documentos. O laudo do Instituto Médico-Legal (IML) apontou a causa da morte do músico como indeterminada. Estão sendo realizados novos exames complementares. 

Namorada pede por 'justiça'

Após a prisão de Pablo, a atriz Carla Daniel usou as redes sociais no domingo (29) para se manifestar sobre o andamento das investigações acerca da morte do companheiro. "Que a Justiça seja feita", escreveu a artista na publicação. 

Ao saber do falecimento do namorado, ela também usou a internet para lamentar a perda. Amigos e seguidores prestaram apoio a artista na ocasião. 

"Estou com o coração partido. Queria tanto mais juntos, mas agradeço todos os momentos que tivemos. O bem que você me fez, sua generosidade, sabedoria. Encontro de almas literalmente. Te amo para sempre", declarou na época. 

Carla Daniel no Instagram
Legenda: Companheira do músico prestou homenagem e lamentou a morte dele
Foto: reprodução

Carla, de 55 anos, e Sérgio estavam juntos desde 2020. A atriz atuou nas novelas "Chocolate com pimenta", "O cravo e a rosa", "Alma gêmea", "Verdades secretas", entre outras produções. Ela é filha do diretor Daniel Filho com a atriz Dorinha Duval e foi casada com o diretor Edgard Miranda, com quem teve Lys Daniel.